You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

18/02/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Editorial Jogo de xadrez

Jogo de xadrez

E-mail Print PDF

O trade tur√≠stico vive uma situa√ß√£o ilus√≥ria, onde querer n√£o √© poder. Ou seja, o desejo de melhorar as instala√ß√Ķes, de se adequar melhor cada receptivo sempre esbarra num velho problema, a falta de comprova√ß√£o da propriedade para poder contrair financiamentos. Sem a titula√ß√£o, vivem-se dias de apreens√£o e de muita inspira√ß√£o, apostando que se pode melhorar para maior atra√ß√£o tur√≠stica em Nobres.

Infelizmente, esse √© um velho ‚Äúfantasma‚ÄĚ que ronda a regi√£o mais falada e mais visitada em Mato Grosso nos √ļltimos anos. Que √© o munic√≠pio de Nobres com suas belezas c√™nicas. Junte-se a isso, a falta de uni√£o dos empres√°rios na comunh√£o de ideias que possam tornar todos os atrativos numa s√≥ empresa, denominada, de fato e por direito, de trade tur√≠stico.

As interven√ß√Ķes do Governo do Estado em favor de Nobres j√° avan√ßaram muito e devemos agradecer ao trabalho incans√°vel de Luiz Carlos Nigro e seu olhar especial para o munic√≠pio de Nobres. Mas apesar de toda essa dedica√ß√£o, a guinada √© sempre de 360 graus, at√© voltar ao ponto inicial, a titula√ß√£o das terras aos seus ocupantes, ainda que paulatinamente, a um e a outro, para que caminhe esse fen√īmeno negativo que sempre esbarra em alguma reparti√ß√£o federal, seja o Incra ou a Pol√≠cia Federal.

E n√£o bastasse isso, ainda vemos algumas pessoas descompromissadas com o turismo ecol√≥gico, exatamente aquelas que t√™m feito da margem da rodovia de acesso ao n√ļcleo urbano de Bom Jardim um dep√≥sito de lixo.

A especulação imobiliária naquele setor da Vila de Bom Jardim, o lixo e a desunião também são prejudiciais ao andamento da busca pela realização do maior sonho de todos, a regularização fundiária.

Até quando as pessoas vão viver de sonho e convivendo com alguns poucos que parecem querer atrapalhar o processo? As necessidades são urgentes e é preciso caminhar, seguir adiante para que a realidade passe a ser algo palpável e aquém das promessas e dos blá-blás-blás das autoridades que não agem de forma desafiadora contra os velhos tabus que se acercam do processo de titularização das terras.

A cada lance estrat√©gico para o andamento desse processo vem uma contrapartida com grande carga negativa, de que faltaria isso e aquilo. N√£o bastasse o terrorismo demonstrado nas elei√ß√Ķes gerais de 2010, quando andou por l√° um sujeito, acompanhado de policiais, amea√ßando os posseiros, escondido atr√°s de um levantamento dos atuais ocupantes de √°reas.

O cen√°rio precisa ser mudado e a titula√ß√£o de fato ganhar celeridade, do contr√°rio n√£o haver√° financiamento para melhorias e investimentos. √Č como correr em c√≠rculo e voltar sempre ao lugar comum da falta de documento comprobat√≥rio de posse da √°rea ocupada.

Sem documento, sem financiamento, é nisso que vai desaguar mais um sonho. A partida nunca acaba e o xeque-mate nunca é concretizado.

Last Updated ( Saturday, 27 January 2018 13:28 )  

Trincheira LV

B.O do B.O Um certo repórter policial não gostou nadinha da comparação de uma notícia com outra, acerca de um assassinato ocorrido no Bairro São José, dia 10, pela madrugada. Ele questionou que, entre dar um furo e ser furado há uma grande diferença. Ser furado (não pensar pornograficamente

Silêncio conveniente

Como o ar por aqui tem em seu contexto químico metade de oxigênio e outra metade de política, parece até estranho, até agora, esse silêncio sobre candidaturas majoritárias. Ninguém fala sobre o assunto sucessão municipal e ao menos um candidato segue a sua rotina, desde o ano de 2017, posici
Banner
Banner
Banner
Banner