You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

19/07/2018
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News Pedro Taques enfrenta ‘marola’ causada pelas fofocas externas e internas

Pedro Taques enfrenta ‘marola’ causada pelas fofocas externas e internas

E-mail Print PDF

PT GOVQuanto maior for á proximidade com o período eleitoral, maiores serão as tentativas de desestabilização da administração do governo de Pedro Taques (PSDB). Essa onda tem a ver com o anúncio futuro de sua candidatura à reeleição, prevista para após o Carnaval e quanto mais adiar essa informação, maiores serão as pressões internas e principalmente as externas. (Foto: Tribuna de Nobres/Arquivo - D. Souza).

No âmbito externo, os políticos de carreira são os que mais disseminam boatos pregando candidaturas próprias de aliados do governo. O deputado federal Carlos Bezerra (PMDB) é um dos que falam que o governo Pedro Taques tornou-se território propício a traições políticas.

O senador Wellinton Fagundes (PR) é outro que tem buscado seu espaço político com ataques indiretos ao governo de Pedro Taques, se utilizando da informação de que o vice governador Carlos Fávaro (PSD) tem condições de exigir candidatura majoritária ou ser o vice de Taques, repetindo a dobradinha da campanha passada.

Até mesmo uma carta fora de baralho que tenta a ‘ressurreição’ no cenário político mato-grossense, o eterno candidato José Augusto Curvo, o Tampinha (PSD), anda jogando contra Taques. Em Nobres, onde esteve na sexta-feira (26/01), disse que o PSD não quer saber de Pedro Taques, conforme se noticiou em alguns sites de notícias.

Dentro do governo, Taques enfrenta correntes contrárias, ligadas ao sindicalismo de classe. Fora dele, alguns acreditam que se promovem espalhando boatos acerca das possíveis alianças que não se concretizarão.

E como o governo reage diante dessa exposição negativa? Até prova em contrário, os boatos ocupam vastos espaços na mídia, mas o governo prepararia uma contraofensiva para os próximos dias.

A fonte não foi fundo nas informações, mas alega-se que o governo tenha um “ás” na manga para os próximos dias. E novo questionamento surge aí, seria a paz com Mauro Mendes? Seria Fávaro de braços e abraços com o governo onde está? Ou seria Blairo Maggi com uma solução prática para selar a paz e não deixar o PMDB voltar ao poder em MT? E Nilson Leitão, quereria apenas a vaga ao Senado?

O governador já sabe que Tampinha tenta fazer média atacando a sua administração e o seu estilo de fazer política. Como para toda ação tem uma reação, ela deve estar a caminho.

Em Nobres, o prefeito é do PSDB e falar mal de Pedro Taques por aqui, no mínimo, é uma incoerência.

 

TRINCHEIRA LIV

Troca de Farpas Todos estavam no mesmo barco para destronar Silval Barbosa (MDB), agora, todos se voltaram contra Pedro Taques e a união histórica entre PMDB e PFL volta a acontecer só que, com a maquiagem da mudança de nome embora os ocupantes das naus sejam os mesmos. A política mato-grossense

Razão desconsiderada

O impasse gerado entre a categoria dos profissionais da Educação e o Executivo municipal está longe de terminar em Nobres. Nenhum dos dois lados cede e o prazo para que os alunos voltem a estudar está sendo esticado. As negociações estão emperradas e a crise entre educação e governo permane