You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

26/06/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News Rondonópolis terá unidade da Escola Militar Tiradentes

Rondonópolis terá unidade da Escola Militar Tiradentes

E-mail Print PDF
Ao todo 360 alunos serão atendidos em 2018 nos ensinos fundamental e médio

Gustavo Nascimento/Seduc-MT

Foto:Christiano Antonucci/Gcom-MT

Rondonopolis-41O Governo do Estado assinou odecreto de criação da Escola Estadual Militar Tiradentes Major PMErnestino Veríssimo da Silva, no município de Rondonópolis (218 km ao sul de Cuiabá). A unidade atenderá 180 alunos e deverá iniciar as atividades no início do terceiro bimestre desse ano.

Nesta segunda-feira (19.03), o governador Pedro Taques e os secretários de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc), Marco Marrafon, Segurança Pública, Gustavo Garcia, e Casa Civil, Max Russi, participaram da cerimônia de criação da unidade. O evento também marcou o início das atividades do Projeto Anjos da Escola em 2018.

Conforme Taques, a Escola Militar tem o claro objetivo de contribuir no processo de formação do cidadão. “Em um ano, esta é a quarta escola militar que criamos. Ela já se mostrou um modelo de sucesso, apresentando ótimos indicadores de ensino e aprendizagem e formação de bons cidadãos”.

O governador elogiou o trabalho realizado com o projeto Anjos da Escola, que promove a cultura de paz nas unidades escolares do estado. “Esse projeto foi pensado ainda durante a formação do Programa de Governo em três eixos: Saúde na Escola, Paz na Escola e Mediação Escolar. É uma das ações mais importantes que temos no Estado. Este não é um programa feito pelo governador, ele é feito pelos profissionais da educação, da segurança pública, pais, alunos e pessoas que querem mudar a vida da comunidade”, concluiu.

O secretário Marco Marrafon afirmou que a criação da unidade é um momento histórico para Mato Grosso e o município. “Somente a educação pode transformar a nossa sociedade. E hoje é mais um dia histórico, pois fornecemos mais uma opção de ensino de qualidade, focado na cidadania, com direitos e deveres constitucionais, para a população“.

De acordo com ele, a escola funcionará de forma integrada com a Secretaria de Segurança Pública. As coordenações pedagógica, administrativa e financeira da unidade serão exercidas por profissionais devidamente habilitados, em consonância com a legislação educacional.

Os militares ministrarão aulas na educação básica, desde que devidamente habilitados para docência nas áreas específicas, conforme os procedimentos para atribuição de classe/aula adotados pela Seduc.

O secretário de Segurança Pública, Gustavo Garcia destacou que a parceria com a Seduc para a criação da escola militar reflete diretamente na área e ressaltou que as pastas já atuam em conjunto em diversos projetos, como o Anjos da Escola, que influenciam positivamente na formação dos estudantes. “Nós acreditamos na prevenção como a melhor medida no combate à criminalidade”.

Expectativa

Segundo o major Roosilvelth Escolástico, diretor da nova unidade, ao todo 360 alunos, dos 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio serão atendidos nos períodos matutino e vespertino.

“A Escola Tirantes já vem, há muito tempo, provando a sua qualidade e seu êxito, e em Rondonópolis não será diferente. Vamos trabalhar para criar uma das melhores unidades do Estado”, afirmou.

Conforme o comandante diretor, o prédio da unidade já foi escolhido e passa por pequenas adequações para receber os alunos. A expectativa é que as aulas iniciem já no terceiro bimestre.

 

Last Updated ( Tuesday, 20 March 2018 22:00 )  

Trincheira LV

Especulações O que já se especulou nos últimos dias sobre o novo secretário municipal de Saúde de Nobres não foi brincadeira. Tem gente roendo as unhas pra falar e outras para saberem. Gatos, dizem que tem sete vidas, mas vários deles já morreram por conta da curiosidade. Muita gente vai se

Economia ou oportunismo?

Apesar do clima de desconfiança que ronda o interesse dos políticos pela PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que trata da prorrogação do mandato de prefeito e vereadores até o ano de 2.022, há uma forte de tendência de que o objetivo possa ser alcançado. A proposta, de autoria do deput