You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

21/10/2018
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News Vem aí, mais uma Campanha contra o câncer de colo de útero

Vem aí, mais uma Campanha contra o câncer de colo de útero

E-mail Print PDF

Câncer Útero 2Exames preventivos serão realizados no dia 28 de abril, um sábado, entre 08:00 e 16:00 horas em todas as unidades de saúde da área urbana, seja no Jardim Glória, Jardim Petrópolis, São José e no Centro Preventivo de Saúde, na área central da cidade, à Praça Josino Serra.

A Campanha de Combate ao câncer de colo de útero é realizada com a coleta de exame preventivo e a Secretaria Municipal de Saúde coloca sua equipe em plena atividade nesse dia para que os resultados sejam positivos no que se refere à coleta para exame preventivo.

É importante ressaltar que essa é uma das campanhas com a necessidade de participação efetiva de mulheres com idade acima dos 25 anos. O câncer de colo de útero, segundo dados fornecidos pelo setor de saúde pública, é a segunda maior causa de morte de mulheres por tumor no mundo. As campanhas preventivas realizadas indicam que a doença esteja diminuindo, mas o câncer de colo de útero ainda está entre as enfermidades que mais atingem as mulheres e levam a óbito no Brasil, ficando atrás apenas do câncer de mama.

Outro dado interessante revelado é que, felizmente, os números mostram que 44% dos casos diagnosticados no País são de lesão “in situ” precursora do câncer, mas que se apresenta restrita ao colo e sem as características de ser maligna. Esses dados são esclarecedores e apontam que, nessa fase, a doença pode ser curada em quase toda sua totalidade de casos.

O câncer de colo de útero também é conhecido como câncer cervical e trata-se de uma doença de evolução lenta que acomete, sobretudo, mulheres com idade acima dos 25 anos. A causa principal desse tipo de câncer que acomete a mulher é através do papilomavírus humano, cuja sigla é o HPV.

O HPV chega através do início precoce da atividade sexual, com a atividade sexual intensa, com múltiplos parceiros sexuais ou aqueles parceiros com vida sexual promíscua. Baixa imunidade é uma das formas de contração da doença, o cigarro e ainda as más condições de higiene.

Em seu início, o câncer de colo de útero não é sentido e quando os sintomas começam a aparecer, os mais notáveis são: sangramento vaginal, especialmente depois das relações sexuais, no intervalo entre as menstruações ou após a menopausa; em caso de corrimento vaginal, a chamada leucorréia, que apresenta cor escura e com mau cheiro.

De outra forma, quando a doença apresenta-se em estágio avançado, os sinais que podem aparecer é massa palpável do colo de útero, as hemorragias, a obstrução das vias urinárias e intestinos; as dores lombares e abdominais e ainda perda de apetite e de peso.

Câncer Útero 3A recomendação é a de que a avaliação ginecológica, o exame citopatológico de Papanicolau (CCO), quando realizados regular e periodicamente, “são recursos essenciais para o diagnóstico do câncer de colo de útero”, cita o Coordenador de Atenção Básica, Lázaro Alves Dias (foto).

E para complementar as informações, vale ressaltar que na fase da doença em que nenhum sintoma é registrado, o rastreamento realizado por meio do exame Papanicolau permite detectar a existência de alterações celulares características da infecção pelo HPV ou qualquer lesão com evidências de pré-malignidade, conforme Alves Dias divulga para conhecimento do público, notadamente aquele alvo, que são as mulheres de 25 anos acima.

Vale reiterar, o CCO será colhido em todos os postos de saúde (Unidades Básicas de Saúde) e Posto Central no dia 28 de abril, das 08:00 às 16:00 horas.

 

TRINCHEIRA LIV

Crise de Relacionamento I Informações dão conta de que o médico Esmeraldo Ribeiro deixou o Hospital Laura de Vicuña. Uma pessoa ligada ao médico lembra que pode ter havido antecipação do processo político, razão porque vinha sendo pressionado dentro do serviço privado. De outra parte, cons

Hora de votar

Campanha feita, com todos os recursos tecnológicos possíveis, debates, reuniões e corpo a corpo, agora é a vez de o eleitor manifestar-se perante a urna. Agora é na individualidade e a cabeça tem que estar fresca para que a escolha aconteça dentro da normalidade, sem que a sua decisão seja t