You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

16/08/2018
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News Desmanche de veículos em Várzea Grande é descoberto

Desmanche de veículos em Várzea Grande é descoberto

E-mail Print PDF

DESMANCHE 1Pai e filho foram presos na cidade de Várzea Grande em uma ação integrada da Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva) com a Polícia Militar, via o 2ª Comando Regional, na noite de quinta-feira (19), que desarticulou um desmanche de veículos.

Os suspeitos: Claudemir Alves Teixeira, 61 anos, e seu filho Rafael Felipe Pimentel Teixeira, 20 anos, foram presos no bairro Costa Verde, em Várzea Grande, por crimes de furto qualificado concurso de pessoa, receptação, adulteração de veículos e associação criminosa.

No local foram apreendidos um veículo Dodge Dakota branco, uma S10 preta adulterada, 3 motocicletas, mais de 50 documentos de carros, alguns com queixa de roubo, 4 motores de caminhonetes, ferramentas de desmanches e pinagem de veículos, peças e partes de veículos, chaves michas, mostruário de joias e semijoias, rádios comunicadores e outros.

O trabalho iniciou na tarde de quinta-feira, após a comunicação do furto de uma caminhonete F 1000, em Várzea Grande. No levantamento, os policiais identificaram que uma caminhonete Dodge Dakota branca dava apoio, que foi identificada por imagens recolhidas na redondeza.

Os policiais também verificaram que o proprietário do veículo era Claudemir Alves Teixeira e solicitou apoio operacional de outras unidades para localizar o veículo do apoio assim como a caminhonete furtada.

A Polícia Militar avistou a caminhonete de apoio, que já estava cadastrada no sistema de segurança, e iniciou perseguição, conseguindo abordar o veículo Dodge Dakota, próximo ao Batalhão Militar. Na direção do veículo estava Claudemir, que faz uso de tornozeleira, e é também conhecido da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos, por ter sido preso em 2017, em situação semelhante.

No local,  questionado, o suspeito acabou admitindo que teria dado apoio ao furto, mas se recusou a informar o autor. “Nossa equipe já vinha procurando essa Dakota e  emparelhou junto com a Polícia Militar, dando continuidade às diligências, seguindo até a casa de Claudemir no bairro Costa Verde”, disse o delegado, Marcelo Martins Torhacs.

Os policiais chegaram até o imóvel de muros altos e terreno amplo, onde  encontraram Rafael Felipe Pimentel (filho de Claudemir), que em tentativa de escapar se escondeu dentro de uma caixa d’água, demonstrando saber que a ali havia produtos ilícitos.

 “Ao ingressar no imóvel, os policiais se surpreenderam com vasta quantidade de materiais objetos de crimes”, contou o delegado.

Rafael também foi autuado em flagrante e revelou que o pai está associado uma pessoa de nome, Josemar Macedo. Ele indicou a equipe o local de residência do suspeito, no bairro Três Barras, local onde foi apreendidos outros materiais, como placas de uma caminhonete F1000, documentos de veículos, chaves de veículos, um pedaço de chapa de chassi, mais ferramentas de adulteração. Na garagem da casa havia uma S10, que foi checada e descoberta adulteração nos vidros, motor e chassi.

A caminhonete F1000, cujas placas estavam na casa no bairro Três Barras foi localizada em Várzea Grande.

Os dois foram encaminhados a audiência de custódia em Cuiabá. Claudemir Alves tem condenações por receptação e adulteração de sinal identificador. O filho, Rafael Felipe Pimentel Teixeira¸ já foi preso anteriormente junto com o pai e responde por delitos da mesma natureza. (Fonte: Assessoria PJC | MT)

DESMANCHE 2

 

 

 

Last Updated ( Saturday, 21 July 2018 14:40 )  

TRINCHEIRA LIV

TV Sujeita... ... a chuvas e trovoadas. E lá naquele estabelecimento, o torcedor do Flamengo foi pra ver o jogo contra o Grêmio, aproveitando para degustar um bom vinho. E quando o Flamengo ia ao ataque, o vento derrubava o cabo de vassoura que segura a antena. Malandramente, o cabo de vassoura ca

Razão desconsiderada

O impasse gerado entre a categoria dos profissionais da Educação e o Executivo municipal está longe de terminar em Nobres. Nenhum dos dois lados cede e o prazo para que os alunos voltem a estudar está sendo esticado. As negociações estão emperradas e a crise entre educação e governo permane