You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

21/10/2018
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Editorial Hora de votar

Hora de votar

E-mail Print PDF

Campanha feita, com todos os recursos tecnol√≥gicos poss√≠veis, debates, reuni√Ķes e corpo a corpo, agora √© a vez de o eleitor manifestar-se perante a urna. Agora √© na individualidade e a cabe√ßa tem que estar fresca para que a escolha aconte√ßa dentro da normalidade, sem que a sua decis√£o seja tomada pensando-se apenas em si.

Neste dia 07 de outubro, o eleitor ter√°, mais uma vez, a chance de fazer a escolha certa, aquela que vise o bem-estar de todos dentro do Estado e do seu munic√≠pio, com a √ļltima op√ß√£o de escolha o candidato a presidente do Brasil. As prioridades s√£o muitas para o povo e a na√ß√£o, sendo a Educa√ß√£o, Sa√ļde e Seguran√ßa P√ļblica os elementos que podem contribuir para que todos demais setores melhorem.

Um pa√≠s com uma boa educa√ß√£o abre caminho para amplas possibilidades de conquistas sociais. Se o cidad√£o goza de boa sa√ļde, tanto melhor para a busca de novas oportunidades, em um pa√≠s onde gasta-se desordenadamente com uma sa√ļde prec√°ria, com obras inacabadas, com a falta de profissionais m√©dicos e de estrutura para trabalhar. A corrup√ß√£o no setor √© end√™mica.

Sem sa√ļde, sem educa√ß√£o, a viol√™ncia toma conta de uma na√ß√£o desestruturada, onde a viol√™ncia grassa, com assaltos, roubos, tr√°fico de drogas, enfim, a popula√ß√£o fica desprotegida diante de um cen√°rio em que os pr√≥prios governantes d√£o maus exemplos, com candidatos envolvidos em desvio de dinheiro p√ļblico e protegido por uma leni√™ncia inexplic√°vel da Justi√ßa e suas leis equivocadas, feitas pelos pr√≥prios pol√≠ticos.

Votar exige respeito e maturidade com a nação brasileira e com a sua população, seja no seu município, estado e país. A escolha é sua e tem consequências, podendo-se evitar que mergulhemos ainda mais em um cenário de tristes resultados lá na frente. O seu voto precisa ser responsável, sem que se olhe apenas para o seu lado, mas para toda uma sociedade, com especial atenção para a delinquência juvenil, cuja vítima pode ser você e sua família.

Ao votar em troca de dinheiro ou para agradar aquela lideran√ßa que j√° usufruiu do dinheiro, sempre a maior quantia, ofertada pelo pol√≠tico rico, l√° na frente os compromissos ser√£o cada vez menores com a sua cidade, com a sua popula√ß√£o. Pense nisso quando estiver sozinho, frente a frente com a urna eletr√īnica.

Ao eleger político que só olha para o próprio umbigo, o eleitor coloca em risco as necessidades de toda uma coletividade. Qualquer que seja a quantia que for ofertada por um político envolvido em corrupção, ela será sempre pequena ou quase nada perto dos problemas que a cidade terá que enfrentar com esse mesmo político no poder.

A luta do eleitor contra o mau político é a mesma da memória contra o esquecimento, e pensar e repensar na hora de votar é dever individual de cada um e a resposta será coletiva contra os maus políticos, as velhas raposas que estão no exercício do mandato há décadas, enquanto isso, você é obrigado a mudar de profissão e até de cidade para ver a vida continuar.

O pol√≠tico de carreira envelhece, fica gag√° no poder e muito mal consegue caminhar, mas persevera na mentira de que passou a vida ‚Äúlutando pelo povo‚ÄĚ.

No município é possível ver que o cenário pouco muda e que os personagens são sempre os mesmos. Se fosse tão ruim assim, ninguém recorria ao dinheiro da agiotagem para buscar se eleger.

Pense nisso quando for votar. Lembre-se que o dinheiro que jorra na campanha pol√≠tica √© o seu pr√≥prio dinheiro, conseguido em esquemas como o da Lava-jato, o mensal√£o e outros esc√Ęndalos que abalaram a sociedade brasileira, mato-grossense e local, j√° que atingidos s√£o todos os que pagam impostos.

 

TRINCHEIRA LIV

Crise de Relacionamento I Informa√ß√Ķes d√£o conta de que o m√©dico Esmeraldo Ribeiro deixou o Hospital Laura de Vicu√Īa. Uma pessoa ligada ao m√©dico lembra que pode ter havido antecipa√ß√£o do processo pol√≠tico, raz√£o porque vinha sendo pressionado dentro do servi√ßo privado. De outra parte, cons

Hora de votar

Campanha feita, com todos os recursos tecnol√≥gicos poss√≠veis, debates, reuni√Ķes e corpo a corpo, agora √© a vez de o eleitor manifestar-se perante a urna. Agora √© na individualidade e a cabe√ßa tem que estar fresca para que a escolha aconte√ßa dentro da normalidade, sem que a sua decis√£o seja t
Banner
Banner
Banner
Banner