You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

17/07/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News Choque entre caminhões revela a necessidade de uma rota alternativa através do Pindura

Choque entre caminhões revela a necessidade de uma rota alternativa através do Pindura

E-mail Print PDF

ACIHá anos atrás, através de matéria opinativa, publicada no jornal “Tribuna de Rosário”, foi cogitada a necessidade de se estabelecer uma maior relação entre Nobres e Rosário Oeste pelas prefeituras respectivas visando propostas que seriam comuns aos dois municípios.

Por exemplo, uma rota alternativa e turística, interligando Nobres e Rosário Oeste por uma ponte na localidade do Pindura. Através dessa rota, se poderia criar visitação, tanto ao Pindura, do lado de lá quanto do lado de cá, com lanchonetes especializadas em peixe, cabeça de boi assada, galinha com arroz e banho no Rio Cuiabá.

Essa rota alternativa, além de turística, facilitaria o tráfego com uma saída até a MT-010, lá pela frente, no entroncamento com a MT-010, um pouco adiante do frigorífico, que ainda não entrou em atividade.

O acidente, absurdo, ocorrido hoje (26/02), sobre a ponte do Rio Cuiabá, na MT-010, próxima à cidade de Rosário Oeste, travou o trânsito naquela rodovia estadual que liga Rosário Oeste a Acorizal e vice-versa.

A necessidade existe embora não haja recursos próprios para isso, mas é preciso criar uma ação conjunta e de interesses comuns, cobrando a partir daí dos deputados que só querem os votos dessas comunidades.

Votos diluídos entre diversos nomes e compromissos quase imperceptíveis, de “emendinhas” de R$ 100.000,00, que só servem à aquisição de Melhoral e Cibalena aos postos de saúde.

A atividade turística conectada com o peixe que ainda existe nesse rio, apesar da pesca predatória, seria viável a diversas localidades que poderia fazer estabelecer o turismo rural, bastante requisitado pelos moradores de cidades grandes e médias. A chamada Grande Cuiabá ressente-se da necessidade de turismo, além da comercialização de produtos da agricultura familiar.

Enquanto isso, Rosário Oeste vive a espera de um milagre, a entrada em atividade do “elefante branco” ou, se mal comparado, duplamente, de um vulcão, extinto a milhares de anos, ali, à beira da MT-010.

Enquanto isso, em um grupo de WhatsApp lá das bandas da Forquilha, os políticos de Rosário Oeste são escrachados, cotidianamente.

 

Trincheira LV

Garimpo As administrações municipais que adquiriram imóveis de políticos e até de então conselheiros do TCE-MT, teriam sido de uma inabilidade a toda prova. Um antigo imóvel, adquirido na gestão da então prefeita Lídia Barbosa, especificamente para ser o Lar dos Idosos, com aval da Câmara

Economia ou oportunismo?

Apesar do clima de desconfiança que ronda o interesse dos políticos pela PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que trata da prorrogação do mandato de prefeito e vereadores até o ano de 2.022, há uma forte de tendência de que o objetivo possa ser alcançado. A proposta, de autoria do deput