You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

19/08/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News Rio Serragem: curso d’água avança sobre imóveis à sua margem

Rio Serragem: curso d’água avança sobre imóveis à sua margem

E-mail Print PDF

SERRAGEM 1O cenário é desolador e segue avançando em direção aos imóveis localizados à margem do Rio Serragem, arrastando antigos mangueirais que estavam em quintais das casas localizadas à margem da av. Jorge Rachid Jaudy, nas proximidades da Praça da Serragem.

O rio segue sendo assoreado e o seu leito sobe a cada nova estação chuvosa, carregando areia para o centro do curso d’água, elevando o nível do rio que, segundo alguns moradores, já “tragou” antigas mangueiras e avança contra as casas e pode chegar até a rua Jorge Rachid nesse processo contínuo de enxurrada.

As autoridades sabem do tamanho do problema e a saída vai ser a realização de estudos para se encontrar uma solução ao grave problema de erosão à margem, que a tudo tem arrastado inclusive mangueiras centenárias.

Quanto a recuperação ambiental deve conter legislação que permita que a pessoa jurídica abata sobre o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica o investimento nesse tipo de ação.

Caso contrário, o município precisará carrear recursos da esfera federal para tentar conter o processo erosivo que se encaminha para arrastar os imóveis existentes ali.

SERRAGEM 2Os moradores estão preocupados e há casos em que o desmoronamento está há pelo menos quatro metros do imóvel e há dez metros da rua.

Há quem apresente como saída a volta do curso do rio ao ponto anterior, por onde a água passava, há uns 15 anos atrás.

A situação daqueles moradores está mais ou menos entre perder o imóvel ou aguardar uma solução plausível ao caso. Por enquanto, a cada grande chuva na cabeceira do Rio Serragem, a água avança sobre a barranca e leva o que encontrar pela frente.

 

SERRAGEM 3

 

 

 

 

Trincheira LV

À Flor da Pele Um exorcista, por favor. A Câmara Municipal de Nobres precisa chamar um padre e benzer o ambiente ou do contrário, “afastar” os maus espíritos que rondam ali. Em dois anos e meio já se contabiliza ao menos um barraco por sessão. E por mais que se diga, a Casa de Leis tem a im

Turbulências no trajeto

Daqui pra frente, a campanha política começa a se mostrar mais evidente, com as siglas político-partidárias buscando alinhamentos, promovendo reuniões de bastidores e se ajeitando para o ano que vem – 2.020. Algumas observações já começam a ser feitas e a administração municipal sob Leoc