You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

17/07/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News SEGURANÇA PÚBLICA: Crimes de homicídio, roubo e furto têm redução em Cuiabá e Várzea Grande

SEGURANÇA PÚBLICA: Crimes de homicídio, roubo e furto têm redução em Cuiabá e Várzea Grande

E-mail Print PDF
Os dados são da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e são em comparação com o quadrimestre do ano de 2018
Hérica Teixeira | Sesp-MT

RTM 3Houve redução de 58% dos crimes de homicídio doloso (quando há intenção de matar) em Várzea Grande no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação com o mesmo período de 2018. Neste ano, foram 13 registros, enquanto no ano passado somaram 31 ocorrências. Os dados são da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (Ceac), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

A queda nos crimes contra a vida também foi registrada em Cuiabá. De janeiro a abril de 2019 foram 31 mortes. Já em 2018 o total foi de 45 ocorrências. O levantamento da Sesp aponta também reduções nos índices criminais de roubo e furto nos dois municípios.

Na capital do Estado foram registrados neste ano 1.583 roubos (quando há ameaça ou violência). O número é 10% menor do que foi contabilizado em 2018, quando houve 1.764 registros. Já em Várzea Grande, a redução foi de 13%. Saiu de 883 registros para 765 no quadrimestre.

Ainda em Cuiabá foram 4.132 registros de furto em 2019 contra 5.603 no ano passado. O total traz uma redução de 26% no número de ocorrências. Em Várzea Grande a redução foi de 7%, saiu de 1.315 em 2018 para 1.229 neste ano.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos, ressaltou que a redução é reflexo da atividade operacional de cada unidade policial. “Os resultados alcançados vieram do patrulhamento mais ostensivo, uso contínuo da inteligência, da análise criminal e a participação dos profissionais da segurança, que tem dado cada vez mais o suor para garantir a segurança para a sociedade”.

 

Trincheira LV

Garimpo As administrações municipais que adquiriram imóveis de políticos e até de então conselheiros do TCE-MT, teriam sido de uma inabilidade a toda prova. Um antigo imóvel, adquirido na gestão da então prefeita Lídia Barbosa, especificamente para ser o Lar dos Idosos, com aval da Câmara

Economia ou oportunismo?

Apesar do clima de desconfiança que ronda o interesse dos políticos pela PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que trata da prorrogação do mandato de prefeito e vereadores até o ano de 2.022, há uma forte de tendência de que o objetivo possa ser alcançado. A proposta, de autoria do deput