You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

17/07/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Política Local Nobres: secretário com avaliação positiva estuda qual a melhor definição para 2.020

Nobres: secretário com avaliação positiva estuda qual a melhor definição para 2.020

E-mail Print PDF

Marcos ChebaUma liderança inconteste em termos de gestão de pessoal e administrativa, com experiência em empresas do setor privado e agora na área pública, com desenvoltura para liderar na atividade política.

Marcos Alves de Albuquerque, o popular Cheba, chegou à administração municipal após ter participado ativamente da campanha política do então candidato e hoje prefeito de Nobres, Leocir Hanel.

As incursões de Marcos Cheba pelo marketing da campanha, com a formação de uma equipe de trabalho sem muitos custos, ao contrário do que se faz com marqueteiros que cobram alto, ele liderou uma proposta de governo vitoriosa, com o devido reconhecimento de que não se ganha nada sozinho.

Mas a sua liderança e a sua resolutividade diante das demandas cotidianas que se apresentam, fizeram dele (Cheba) um nome que tem conceito e postura de quem resolve, para o sim ou para o não.

O diálogo com setores da comunidade e com os representantes do povo, neste caso os vereadores, com posições firmes e dentro de uma linha de coerência que o coloca numa lista de secretários municipais com boa avaliação e com bom trânsito entre as siglas partidárias de diferentes linhas de pensamento.

Mas só ser adjetivado não é tudo, é preciso conhecer o lado nem sempre bom daquelas avaliações sobre pessoas que exercem uma posição política na gestão de governo, e é exatamente isso que se precisa mencionar sobre Marcos Cheba, que não é uma unanimidade.

Ele tem seus críticos, mas prefere seguir focado naquilo que se propôs a fazer, que é trabalhar para que a administração municipal encontre um alinhamento político que possa garantir ao prefeito de Nobres a escolha de ser candidato à reeleição ou apoiar outro nome.

Conforme Marcos Cheba, enquanto o prefeito Leocir entender que a sua presença ajuda, ele pretende seguir dando a sua contribuição, mas olhando outras perspectivas, inclusive a disputa de um cargo, seja proporcional ou majoritário. “Afinal, trabalha-se para que haja avaliação daquilo que você faz”, sinaliza o secretário de Governo em Nobres.

Cheba frisa que é fiel ao governo que lhe abriu as portas, mas tem seus objetivos e tem analisado o que é bom para si e para a sua família.

O secretário de Governo tem garantido uma boa aceitação em avaliações exclusivamente para consumo interno e acredita que tem potencial para uma disputa a algum cargo eletivo em 2.020. “Sei que tenho combatido o bom combate, tenho pacificado situações e a minha relação com os mais diversos setores da comunidade é por conta do meu papel intermediador e de interlocução entre a sociedade e governo”, conclui Marcos Cheba.  

Além de secretário de Governo no gabinete institucional, Marcos Cheba vinha exercendo interinamente a pasta da Saúde. (Transcrito do Jonal “A Notícia”, de Arenápolis).

 

Trincheira LV

Garimpo As administrações municipais que adquiriram imóveis de políticos e até de então conselheiros do TCE-MT, teriam sido de uma inabilidade a toda prova. Um antigo imóvel, adquirido na gestão da então prefeita Lídia Barbosa, especificamente para ser o Lar dos Idosos, com aval da Câmara

Economia ou oportunismo?

Apesar do clima de desconfiança que ronda o interesse dos políticos pela PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que trata da prorrogação do mandato de prefeito e vereadores até o ano de 2.022, há uma forte de tendência de que o objetivo possa ser alcançado. A proposta, de autoria do deput
Banner
Banner
Banner
Banner