You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

26/01/2020
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home News Espaço “Neko Santos”: cenário que pode (e deve!) mudar

Espaço “Neko Santos”: cenário que pode (e deve!) mudar

E-mail Print PDF

Imagem é arcaica e ambiente é fora da realidade

FEIRA 1O aspecto é sinistro e o ambiente é o de uma pequena rodoviária de beira de estrada, inconcebível para o que se deseja para uma cidade dita turística e em transformação.

A área é pública, pertencente ao município de Nobres, juntamente com a área onde está o estádio municipal “Balizão” e o Largo da Feira, transformado em espaço público para eventos, denominado “Neko Santos”. (Fotos: Tribuna de Nobres (D. Souza) - Av. Mal. Rondon).

Por ser espaço público, não vem sendo “alugado” para eventos particulares, o que tem causado algumas controvérsias com “promoters” de eventos. Em área contígua, funcionam alguns estabelecimentos comerciais, cujos ocupantes dessa área pública se portam como “proprietários”, em determinados casos, chegando até a atrapalhar eventos públicos.

O local possui dados estatísticos reconhecidamente negativos sobre assassinatos ocorridos em local público “ocupado” por empreendimentos particulares.

Vai chegar uma hora em que a intervenção do Ministério Público será necessária para que a “ocupação” ceda lugar ao poder público municipal e à estruturação da área em pleno centro da cidade, tornando o ambiente mais sociável e longe da característica atual, de “boteco” com evidências de ponto para “trottoir”.

Ao se cogitar a participação do Ministério Público Estadual será para a desocupação da área pública de forma imediata e isso vai depender da administração municipal, desde que se tenha um projeto que modifique o cenário completamente, longe do que se vê atualmente em certas noites.

Até agora, a comunidade que frequenta a feira, vez por outra dá de frente com algum “ébrio” que passou a noite com alguma dama, ainda que não seja na “Boate Azul” e nem tenha luzes vermelhas. Mas os sinais aparentam ser de retirante de uma alguma esbórnia.

E convenhamos ninguém é obrigado a suportar a camoeca de ninguém. E de mais a mais... ou de menos a menos, o espaço é público e não privado, devendo voltar ao seu verdadeiro “dono”.

Até porque, a feira terá local apropriado em breve e não caberá mais essa ocupação ilegal daquilo que é público e sem pagar nada pelo uso.

 

Trincheira LVI

Fonte dos Desejos A situação anda tão braba que tem gente metendo a mão no dinheiro da “fonte dos desejos”, aquele lugar aonde a gente joga as moedinhas e pede que se cumpra um desejo. Tem muita gente por aí com a “fiação trocada” e com a mente em eclipse, mas esse curto circuito só a

Diálogo e coerência

Todos nós conhecemos os relatos sobre as históricas tragédias de guerra, hora, dia e o porquê dos acontecimentos nefastos no mundo. Esses fatos estão associados ao PODER e por ele são bem poucos os que cedem. Poucos conhecem sobre as guerras que não se concretizaram porque a PAZ foi selada. Al