You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

04/12/2020
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Política Estado Carlos Abicalil está “descartado” da lista dos progressistas locais

Carlos Abicalil está “descartado” da lista dos progressistas locais

E-mail Print PDF
anabi_640x303Entre os senadores que disputam os votos dos nobrenses através do Partido Progressista, cabos eleitorais teriam recebido orientação para pedir votos para o candidato Antero de Barros (PSDB). Há quem diga que Blairo Maggi já esteja eleito e muitos pedem votos para candidato tucano ao Senado federal. Recentemente, o senador Antero de Barros se disse amigo pessoal de José Riva e provavelmente a recíproca valha também para o terreno político.
Pelo sim ou pelo não, progressistas ou contratados não pedem votos para Abicalil e demonstram pouco interesse por Blairo Maggi, e sob orientação camuflada com relação à preferência por Antero de Barros. Os petistas locais, o Sintep, parece "engessado" ou trabalharia em silêncio por Abicalil a partir dessa nova ordem progressista, de fazer clara opção por Antero de Barros.
Outro nome que muitos parecem dispostos a não querer abraçar em Nobres é o do candidato a deputado federal Eliene Lima (PP) e a maioria absoluta tem dado preferência ao federal Pedro Henry, também do PP. Consta que o deputado José Riva deixou o palanque insatisfeito, dia 22 de agosto, em frente à praça da feira. Aliás, Riva parecia muito à vontade naquela noite que nem pediu votos para si e sim para o majoritário Silval Barbosa e para o federal Eliene Lima.
A orientação do PP em Nobres, apesar de estranha, tem que ser respeitada, até porque, a política tem sido a arte de engolir sapos. E como tem sido. Que o digam o prefeito José Carlos da Silva e o vereador Joel Júnior. As chances de o PP local dar com os burros n'água é grande e o tempo se encarregará de apontar essa realidade, tal e qual ocorreu com um fenômeno bastante conhecido em Nobres, o efeito Mauro Savi/Campos Neto. Se naquela oportunidade o prefeito Flávio Dalmolin parecia ter mandado mal, a expressiva votação ao então candidato Campos Neto resultou em nada, já que o deputado estadual foi para o Tribunal de Contas e deixou pouca ou quase nenhuma saudade aos nobrenses.
LimaPP_465x480Uma certa exclusividade exigida por Riva com relação ao seu próprio nome e o de Eliene Lima a federal aponta para uma dobradinha que não funcionará e ainda renderá uma safra de poucos frutos, poucos votos, melhor dizendo. (Foto: vereador Joel Júnior e Eliene, sem Roberto Dorner na parada).

Os votos em Nobres estão cada vez mais diluídos entre muitos candidatos, alguns deles bem representados em Nobres e que podem surpreender na soma total. E quando entre os próprios progressistas locais há quem prefira Zé Domingos e dr. Valtenir, aí é que as chances de Eliene diminuem em Nobres.
Isso não vai dar certo lá na frente. É esperar e ver para crer.
 

TRINCHEIRA LVIII

Tempos Reflexivos No ano 2.000, vi e ouvi vereadores reclamarem que ajudaram em batizados, casamentos, velórios e festas familiares para receberem ingratidão nas urnas. Foi em mesma época que os eleitos daquele ano reclamavam da negativa nas urnas. E o que é pior, sem nem os repasses constitucion

Opostos em desencontro

Se alguém se propuser a analisar o momento político em Nobres, pode não encontrar parâmetro para o que se vê e está colocado ao eleitorado e a toda comunidade municipal, sem distinção, neste ano de 2.020. Em um município de grandes contendas políticas, com até quatro nomes na disputa, nest