You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

14/11/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Política Local Dr. Zé Carlos vai ao Parlamento e assume responsabilidade por demissões

Dr. Zé Carlos vai ao Parlamento e assume responsabilidade por demissões

E-mail Print PDF
Prefeito_Nbs_640x427Atualizada
A reforma do Plenário da Câmara de Vereadores foi o ponto alto da reabertura dos trabalhos legislativos, dia 17 de fevereiro, à noite, com a presença de todos os vereadores e de autoridades, políticas e militares, (Foto de Levi Carvalho: Prefeito no Parlamento) empresariado, assessores municipais e populares. Comemorada também a presença do comandante militar da Companhia de Nobres, capitão Pedroso, que acaba de substituir o tenente Moisaniés Rodes, e se mostrou bastante simpático à recepção que teve, calorosa e com sinais de boas vindas. Além deste, foram ao parlamento, o empresário comercial Alan Pierre Odorizzi, o empresário Gilmarzinho da Ecoplan, comerciante e ex-vice prefeito Olício Real da Silva, entre outros.

Após o descerramento da placa comemorativa à obra de reforma no Parlamento e de volta ao Plenário, o prefeito José Carlos da Silva obteve autorização para falar aos presentes e esclareceu dúvidas sobre essa nova fase do governo, enfatizando o turismo e os recursos externos que serão investidos em Nobres até 2014, por ocasião da Copa do Mundo, que será no Brasil e Cuiabá será uma das sedes.
Dr. Zé Carlos disse que ouviu algumas boas informações dos deputados federais Pedro Henry e Valtenir Pereira acerca de recursos federais para investimento em Nobres na área turística. Informou que esteve no assentamento rural na Fazenda Bonanza, naquele mesmo dia 17/02, onde viu de perto algumas das maiores necessidades daquela comunidade.
Entre outras abordagens, o prefeito José Carlos disse que assume todo e qualquer risco pelas demissões ocorridas em janeiro deste ano. De acordo com o prefeito, se o seu governo der certo, a vitória será de todos, se der errado, a responsabilidade será dele (o prefeito).
E anunciou que vêm mais demissões por aí, agora, em atenção a um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) proposto pelo MPE (Ministério Público Estadual) através do promotor Carlos Pacianoto. Tanto o prefeito Zé Carlos quanto o presidente da Câmara de Vereadores, Manoel Fermino, foram convocados pelo MPE para o cumprimento da lei em relação ao nepotismo.
"Gostaria que o promotor estivesse aqui hoje para dividir conosco o peso desta responsabilidade, de ter que esclarecer que vamos demitir por força da lei", argumenta o prefeito Zé Carlos em sua fala. O poder público terá 120 dias para se adequar as exigências da lei, sob risco de multa diária de um salário mínimo caso não demita os que estão em desacordo á lei que trata do nepotismo.
Conforme dr. Zé Carlos, as pessoas que serão demitidas são trabalhadoras, cumpridoras do dever e que, infelizmente, desfalcarão o governo. "É a lei e temos que cumprir", lamenta o prefeito.
Last Updated ( Monday, 21 February 2011 12:48 )  

Trincheira LVI

Sem Rumo Tem gente dando pulos por conta do mais absoluto repensamento de objetivos. Não sabe se vai ou se fica, mas a verdade é que a Lei Eleitoral mexe com muita coisa na política paroquial e alguns partidos serão meramente figurantes nas próximas eleições municipais. Se não houver uma reav

Rumos e Definições

A política municipal em Nobres parece que converge para um rumo que difere completamente do sistema político nacional. Longe da crise de confiança estabelecida no cenário nacional a partir da corrupção que ainda é marca nacional e a política exercida sorrateiramente por antigas cobras de um
Banner
Banner
Banner
Banner