You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

07/04/2020
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Política Turismo Aos “trancos e barrancos”, cultura local vara bloqueio e entra na lista de eventos no aniversário de Nobres

Aos “trancos e barrancos”, cultura local vara bloqueio e entra na lista de eventos no aniversário de Nobres

E-mail Print PDF
JONAS_BARROS_JORNAL_EXPOSIO_BSB_ABRIL2011_636x480Sob postergação e a velha alegação da falta de recursos para isso e aquilo, os eventos culturais que valorizam a cultura local e aquela que introduz uma nova visão cultural através do denominado "Ponto de Cultura" parece não ter a preferência nessa nova etapa do governo, implantada a partir de um processo de inversão de valores, aonde tudo o que vem de fora é que é bom.
Não fosse a intervenção do Conselho de Cultura através do Projeto Ponto de Cultura, a programação do aniversário de Nobres não seria mudada. O projeto "Batuque de Lata", que coloca em atividade a musicalidade através da escola e de seus alunos, desenvolvido na Escola "Inocência Rachid Jaudy" estaria fora da programação do aniversário de Nobres, não fosse à intervenção de agentes diversos entre o Polo Centro, o Ponto de Cultura e o Sicredi na valorização do que é nosso.
Outro setor que vinha sendo preterido é o da cultura indígena sob alegada falta de recursos, o que evitaria a presença dos índios apresentando seu artesanato e sua dança na programação do aniversário do município. A Oficina de Audio-visual também não constava da programação e foi introduzido de última hora, obrigando alguém a refazer o convite e a programação inicial, cheia de erros de grafia e de denominação de nomes, seja de escola ou do vice prefeito.
Falar em desprezo ao nome de Jonas Barros é qualquer coisa negativa e uma inegável aversão ao que temos de mais característico na nossa cultura. A aversão ao que é da terra e um inegável processo de 'estrangeirização' das ações de governo, se ainda não é do conhecimento do prefeito, quando chegar a informação ao seu conhecimento, que o dr. José Carlos da Silva tome as providências contra esse processo de discriminação que Nobres e sua gente pode estar sendo vítima.
Conheça Jonas Barros
Jonas Barros - cuiabano, pintor, desenhista, objetista e autodidata - realiza oficina e exposição de artes plásticas, cujas obras foram especialmente selecionadas para serem expostas ao público nobrense nos dias que antecedem à comemoração do 46º. Aniversário do município de Nobres. As atividades –Oficina e exposição - terão início no dia 29 abril e terminará no dia 1º. De Maio. A mostra refletirá a vertente de cunho regional, o que é muito forte em suas obras. O público local terá oportunidade de conhecê-las como também adquiri-las, vez que as obras expostas estarão à venda.
Jonas Barros começou a expor suas obras em 1986, quando participou do Salão Jovem Arte Mato-grossense, evento realizado pela fundação Cultura de Mato Grosso. A partir daí, foram várias exposições realizadas, em que conquistou títulos e méritos, tornando-se conhecido no Brasil e exterior. Em 1996 participou do Salão Nacional Contemporâneo de Ribeirão Preto-SP. Em 2006 participou como representante brasileiro na coletiva "El Amazonas" no Museu Nazinale Di Castel Sant Angelo Roma-Itália. Alem de diversas mostras e exposições no interior do estado, mais recentemente Jonas Barros participou do Circuito Cultural Lusófano, do Palácio Cabral, em Lisba/Portugal. A exposição mais recente do artista plástico Jonas Barros, aconteceu em Brasília, através do Projeto "Outro Contexto", idealizado pelo Senador da República Mato-grossense, Pedro Taques, que aconteceu nos meses de fevereiro março, próximo passado.
A iniciativa da Exposição Jonas Barros Nobres, surgiu através das parcerias entre o Ponto de Cultura Nobres Vozes, Conselho Municipal de Cultura, Secretaria Municipal de Turismo de Cultura e Empresários, com a finalidade de oferecer à comunidade atividades culturais diferenciadas em que o público possa experimentar as diversidades de cultura e lazer neste período festivo de aniversário da cidade.

Oficina Audio-Visual: quem ministrará
GLAUCOS MONTEIRO - RESUMO BIOGRÁFICO

Músico multi-instrumentista e produtor cultural atuando desde os anos 80 em Cuiabá e MT.

Comunicólogo formado na 1ª Turma de Comunicação Social (Rádio & TV) da UFMT, em 1994.

Atuou como Chefe da Divisão de Música da Secretaria de Estado de Cultura de MT entre 1997 e 1999 onde coordenou diversos programas como: "FUNARTE na Cidade", "Projeto Pixinguinha", "Rede Nacional de Música" ligados a FUNARTE, Coordenador de Programação do Festival de Inverno de Chapada dos Guimarães, do Programa Nacional de Apoio às Bandas de Música MinC-FUNARTE em MT.

Enquanto comunicólogo e produtor de vídeos independentes teve as seguintes premiações: 2º lugar no Concurso de vídeo do X FLAMP (Festival Livre de Arte e Música Popular da UFMT) em 95/96. 2º lugar no Concurso de vídeo no Salão Jovem Arte Matogrossense de 1998.

Como produtor cultural e agente difusor da cultura humanística em Mato Grosso criou e coordenou os cursos: Cultura Matogrossense, Instrumentos Musicais de Sopro, Prática Instrumental em Conjuntos, realizados em diversos municípios de MT. Também atuou como professor visitante da UNEMAT campus Sinop. Coordenador do curso "Manutenção e Reparo de Instrumentos musicais de Sopro" realizado em parceria com a FUNARTE em Cuiabá, setembro de 1998; tem serviços prestados para as embaixadas da China, Canadá e Suécia, além do CIOFF – UNESCO (Comitê Internacional Organizador de Festivais de Folclore).

Glaucos é o 1º Radialista de nível superior a obter com o registro na DRT/MT, desde então vem lutando pela organização da categoria e pelo cumprimento da Lei que regulamenta o exercício da profissão. O maestro e arranjador tem passagens pelos municípios de Castanheira/MT, Nova Brasilândia, Campos de Júlio e Tangará da Serra/MT.

Em 2010 alem de retomar seu trabalho musical, vem atuando como produtor cultural multimídia, ministra cursos de áudio & vídeo ligado ao movimento nacional dos Pontos de Cultura, e possui um trabalho de documentarista das manifestações da Cultura Popular em Cuiabá e pelo interior do estado de MT.

 

TRINCHEIRA LVII

Ajuste e Equilíbrio O prefeito Leocir Hanel vem contando com uma articulação política de muita habilidade, principalmente em momentos como o de agora, quando tudo caminha para dar errado e aí entra o bom senso e o diálogo dentro do governo para que nenhuma problemática seja exposta. Esses dias

O turismo ‘ofendido’

Quando se busca assentar a atividade turística em bases sólidas, com a sedimentação de uma organização que seja o ponto marcante da implantação do turismo no município de Nobres, acontecimentos nefastos empanam o brilho de um trabalho que levou anos para se organizar. O otimismo da administr
Banner
Banner
Banner
Banner