You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

03/04/2020
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Política Turismo Turismólogo acredita que atividade turística ainda tem um longo caminho pela frente

Turismólogo acredita que atividade turística ainda tem um longo caminho pela frente

E-mail Print PDF
Roma_Tur_640x480Com a profissão enfim reconhecida, o Turismólogo é um dos principais agentes de aproximação entre o turista, o empresariado do trade turístico e os ambientes a serem visitados dentro de um roteiro turístico de qualidade e abrangente. Em Nobres, a atividade turística está num "frisson" incontrolável e com tudo acontecendo de uma forma rápida e que pode se tornar salutar ao município nos anos vindouros. (Foto/Tribuna de Nobres: Uller com clientes - Ricardo, da alta cúpula da Ecoplan e o gerente local da Ecoplan, Gilmarzinho, na sede da Roma Turismo).

Em conversa informal com o turismólogo Uller Roma, da Roma Turismo, na sua sede provisória, num anexo da estação rodoviária de Nobres, tiramos algumas impressões da atividade turística e de como caminha esse braço econômico que tem tudo para se tornar a grande força de Nobres. Com experiência considerável na atividade profissional, tendo executado serviços para o setor público, entre as prefeituras de Rosário Oeste e de Nobres, onde implementou ações importantes, Uller Roma tem a certeza de que realizou um trabalho positivo e que deixou marcas por onde passou.
Roma_Tur_2_640x480Proprietário de uma empresa atuante na atividade turística, com pacotes de viagens comercializados para diversos pontos turísticos de Mato Grosso, Uller Roma (foto) acredita que Nobres ainda tem muito a crescer e que para atingir um limite de práticas profissionais no turismo ainda há um longo caminho a percorrer. Nessa sua experiência na área pública foi contestado e ainda assim soube se impor, dentro de um estilo próprio de trabalhar, mas acredita que teve virtudes naquilo que se prontificou a realizar.
"Não deixei o setor com ressentimentos e acredito que exerci o meu trabalho com dignidade e dentro de uma convicção própria", revelou informalmente. Essa sua posição é clara e não tem nada a ver com a sua visão empresarial atual, quando defende avanços e uma maior profissionalização do turismo, de modo que o município ganhe realmente com a atividade.
No entender de Uller Roma, a estação rodoviária de Nobres, que deveria ser uma espécie de cartão postal de Nobres se apresenta com aspecto feio e no período da seca, para cada ônibus que chega, ergue aquela cortina de poeira que vai parar dentro dos boxes. Uma estação estruturada, com calçamento ou pavimentação asfáltica no seu entorno, sem preocupação com a fossa séptica que exala mau cheiro seriam soluções que viriam para melhorar a condição naquele patrimônio público.
No que se refere à profissionalização do setor, é preciso que o setor público trabalhe em cima da Lei nº 1198, de 04 de outubro, de 2011, fazendo valer a regulamentação do "voucher" e respeitando interesses de órgãos colegiados como o Conselho Municipal de Turismo. "Então, com a cobrança do 'voucher' e a criação de fundo específico para administrar os recursos captados, sem a manipulação direta de dinheiro pela prefeitura, seria uma solução para melhorar alguns setores essenciais, além de contribuir para as necessidades básicas da atividade, tais como placas de sinalização e investimento em melhorias nos acessos que demandam aos locais visitados", sugere.
O turismólogo prega o uso da lei, já que foi criada e não seria para adorno de gaveta, no caso a lei que regula o "voucher". Mas está satisfeito com a profissão, agora reconhecida, e com aquilo que faz, com as experiências no setor público, com as contestações, com algum tipo de "trairagem" que viu nessa passagem pelo meio político e administrativo. "Eu me considero autêntico e respeito posturas e posições, mas não acredito que eu seja, nem melhor e nem pior que alguns produtos que vi por aí", assinala Uller Roma.
"Trabalho e vou continuar trabalhando para que a atividade turística se transforme em vocação econômica a um município que está a merecer melhor sorte", concluiu Uller, agradecendo pelo espaço.
Last Updated ( Friday, 20 January 2012 19:09 )  

TRINCHEIRA LVII

Cheiro Estranho Um mesmo candidato estaria sendo oferecido como vice em uma provável chapa da situação e esse mesmo nome estaria sendo articulado para ser candidato a prefeito em outra chapa da oposição. Uma mesma pessoa estaria oferecendo esse nome, colocando-o no leilão a quem der mais. Vão

O turismo ‘ofendido’

Quando se busca assentar a atividade turística em bases sólidas, com a sedimentação de uma organização que seja o ponto marcante da implantação do turismo no município de Nobres, acontecimentos nefastos empanam o brilho de um trabalho que levou anos para se organizar. O otimismo da administr
Banner
Banner
Banner
Banner