You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

15/12/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Esportes Football Quem ficará com o título da 14ª Verão – Flamengo/Polo Centro ou NQA?

Quem ficará com o título da 14ª Verão – Flamengo/Polo Centro ou NQA?

E-mail Print PDF
Elias_292x480Duas das melhores equipes da competição, com retrospecto positivo confirmaram passagem à final, marcada para o dia 24 de março, um sábado, a partir das 19:00 horas, no estádio municipal "Prefeito Eloízio Nunes da Luz", o Balizão.
O Flamengo/Polo Centro carimbou mais cedo o seu passaporte, ao vencer ao Nova Geração, por 4 a 1, na tarde/noite de 18 de março. No segundo jogo da noite, com os refletores ligados, o NQA, do maestro Elias (foto), confirmou a boa fase e fez 2 a 0 em cima do bom time do Aeroporto, classificando-se como o adversário PC_futebol_640x480do Flamengo/Polo Centro (foto).
E como já havíamos previsto, essa deve ser uma das decisões mais marcantes dos últimos anos, a começar pelo patrocinador oficial da competição, a Prefeitura de Nobres, que anda querendo fazer bonito para o maior número de pessoas. De outro lado, duas equipes de bom futebol e de atletas já acostumados a bons jogos. E quando eles resolvem jogar e evitar de falar, de bater um "lero" com a arbitragem, o jogo flui normalmente. "Faaala muiito...", isso é coisa para locutor e não para atleta em campo.
E para falar muito, com exatidão, vem aí o radialista e narrador esportivo de quatro décadas, Nilmon Santos, parceiro de grandes jornadas esportivas e bom nesse "metiê", há anos. Nilmon interage com a torcida e anima a galera, o que é um bom ingrediente para um grande jogo.
Os árbitros são o que temos e não o que os atletas querem. O jogador quando não aguenta mais correr ou não tem tanta habilidade, vira amigo do árbitro, de longa data, e deixa de jogar bola para esculachar, quando não apela à violência. É tudo que um bom espetáculo não necessita.
Resta saber quem vai vencer e isso só saberemos ao final do tempo regulamentar. Qualquer prognóstico será prematuro e quem levar o título de campeão será porque jogou melhor. Particularmente, admiro o trabalho e a perseverança de Elias, de uma torcida apaixonada, de um bairro que merece muito mais dos nossos governantes.
Mas de outro lado tem um time de respeito com Celso, Jerri e companhia, mas não fica difícil prever que quem vencerá essa disputa e será mesmo o maior desportista de Nobres nos últimos anos, o persistente José Calixto dos Santos e sua equipe, que vem segurando a peteca no futebol amador, enfrentando críticas de jogadores e de dirigentes que não aceitam perder. Podemos reputar que Zezinho, Thiagão, Balizinha e o quadro de árbitros fizeram essa competição mais brilhante, mais atraente ao torcedor e de acordo com a estrutura oferecida pela Prefeitura de Nobres.
E hora de decisão, é hora de jogar bola, de apitar bem e de se mostrar para o público com a competência de cada indivíduo que faz o futebol, tornando-o esporte coletivo. Ao menos no futebol, podemos dizer que a Prefeitura de Nobres deu o seu quinhão a algo que poderia ser melhor ou estar melhor.
Futebol_prefeitoMas é hora de decidir e tudo será uma festa só, podendo premiar também a administração municipal que fez o que pode, nos remetendo àquela primeira semana da atual administração, em 2009, quando fomos apresentar ao prefeito atual o produto chamado "Peladão Cuiabano" (foto/arquivo), inesquecível e de tanta repercussão, apesar da desconfiança e da total inexperiência do governante. Carregado nos braços por uma figura folclórica, o Xuxa, o prefeito Zé Carlos deixou passar a oportunidade de se firmar como homem do povo para se tornar esse político "desesperado", em busca de uma auto afirmação como homem público e como gestor, coisa que parece cada vez mais distante e longe do seu domínio.
Mas, vamos ao futebol, que faz a alegria do populacho.
 

Trincheira LVI

Jingle Bell O Natal está em risco... é que Papai Noel tem perdido noites que seriam de sono por conta de uma tal tabela de preços de mensagens. E tome “guerra” da concorrência e uma suposta invasão alienígena em território demarcado. Au, au, au... quem dá mais ou quem vale quanto? Tem cad

Rumos e Definições

A política municipal em Nobres parece que converge para um rumo que difere completamente do sistema político nacional. Longe da crise de confiança estabelecida no cenário nacional a partir da corrupção que ainda é marca nacional e a política exercida sorrateiramente por antigas cobras de um