You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

24/05/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Trincheira

Trincheira

Trincheira XXXV

Selo Unicef
Vinte e nove munic√≠pios mato-grossenses assinaram o Termo de Ades√£o ao Selo Unicef Munic√≠pio Aprovado Edi√ß√£o 2013 ‚Äď 2016. A solenidade de lan√ßamento do Selo foi realizada na sexta-feira (25/10) no audit√≥rio da Associa√ß√£o Mato-grossense dos Munic√≠pios. O Selo √© uma estrat√©gia do Unicef com objetivo de promover a melhoria da qualidade de vida das crian√ßas e adolescentes. Os munic√≠pios que se inscrevem assumem o compromisso de elaborar um Plano Municipal de A√ß√£o para enfrentar os principais problemas que afetam meninos e meninas, nas √°reas de sa√ļde, educa√ß√£o, prote√ß√£o e participa√ß√£o social de crian√ßas e adolescentes.
- Nobres est√° incluso no Programa.

Selo Unicef II
O Unicef, por sua vez, promove a capacita√ß√£o de gestores e t√©cnicos municipais, com o objetivo de qualificar a sua atua√ß√£o nos processos de elabora√ß√£o, execu√ß√£o, monitoramento e avalia√ß√£o de pol√≠ticas p√ļblicas nas √°reas de sa√ļde, educa√ß√£o, assist√™ncia social, comunica√ß√£o, cultura, esporte e lazer. Os munic√≠pios que aderiram a esta edi√ß√£o s√£o os seguintes: Sinop, Luciara, Juscimeira, Cuiab√°, Nobres, S√£o Jos√© do Xingu, Tapurah, Pedra Preta, S√£o Jos√© do Rio Claro, Santa Terezinha, Tangar√° da Serra, Santa Rita do Trivelato, Vera, Ribeir√£o Cascalheira, S√£o Pedro da Cipa, Gl√≥ria do D¬īOeste, Araputanga, Juara, Nortel√Ęndia, Pontes e Lacerda, Pocon√©, Claudia, Indiavai, Ipiranga do Norte, Alto Paraguai, Poxoreo, Nova Bandeirantes, Diamantino e Alta Floresta. O coordenador do escrit√≥rio do Unicef, F√°bio Moraes, destacou a import√Ęncia da participa√ß√£o dos prefeitos na iniciativa. "O nosso desejo √© que cada munic√≠pio se engaje para que crian√ßas e adolescentes tenham os direitos garantidos", assinalou.
- Uma grande oportunidade para esses municípios.

 

 

Sa√ļde Privada em Pauta
A diretora do Hospital Laura de Vicu√Īa, m√©dica Cristina Manfrin, sem a menor cerim√īnia, apontou que recebera dois cheques sem fundo da Prefeitura de Nobres, entregues como pagamento pelo prefeito Jos√© Carlos da Silva, ex-funcion√°rio do pr√≥prio nosoc√īmio. Segundo relato da diretora do hospital, isso se deu ap√≥s o resultado das urnas. A fala foi durante audi√™ncia p√ļblica realizada na C√Ęmara de Vereadores, na noite de 23 de outubro de 2013.
- Até tu, José?Dois cheques estilosos, de codinome "zumbi", vivo quando entregue e morto a hora do saque. Nem com eletrochoque?Desfibrilador nele.


Sa√ļde Privada em Pauta II
O m√©dico Wagner Atha√≠des, ao fazer uso da fala no final da audi√™ncia p√ļblica do dia 23 de outubro, passado, disse que tem cinco especialidades m√©dicas e que teve m√©dico, colega seu, que fez fama sobre seu trabalho. Wagner disse que esperava que o m√©dico Jos√© Carlos da Silva fosse melhor como prefeito e que tratasse o sistema de sa√ļde, p√ļblico e conveniado, com mais respeito. E ainda disse que segurou o hospital sozinho por durante um ano na gest√£o do ent√£o prefeito Fl√°vio Dalmolin. Dr. Wagner defendeu consultas m√©dicas de qualidade, com um m√≠nimo de 15 minutos para cada paciente ao inv√©s de quantidade sem qualidade.
- Fechou a audi√™ncia p√ļblica com algumas "porradas" e bem poucas assopradas. Pois √©, Jos√©.


Sa√ļde Privada em Pauta III
Engra√ßado durante a audi√™ncia p√ļblica foi o presidente Fermino, "tirando" os colegas e sugerindo um embate e at√© mesmo um "acerto" entre as partes diretamente interessadas, ou seja, prefeito e dona do hospital. Como o nosso racioc√≠nio estava lento, demoramos a entender aquela de desautorizar os colegas e deixar a discuss√£o rolar. No fim, como √ļltimo dos moicanos, Fermino enfim permitiu que o p√ļblico fizesse jus a audi√™ncia, denominada p√ļblica.
- Entre mortos e feridos, salvaram-se todos, mas sem aumento na planilha de custo.


Rede Social
O radialista Nilson Filho reclamou que foi "cortado" no Face por um tal Cavaleiro do Apocalipse. Quem seria essa figura? Se foi deletado, √© sinal que o cavaleiro n√£o aguentou as corcoveadas do Alaz√£o. Na verdade, tem gente que pensa que Nobres ainda est√° naqueles tempos em que, por falta de corda, se amarrava cachorro com ling√ľi√ßa, que era farta. "√ďia, siminino, cho cavalo tava encilhado, mas faz 13 anos atr√°s, e voc√™ num munt√ī nele. O tempo passa e quem tinha 13 anos naquele tempo, hoje tem 26".
- Diverg√™ncias de opini√Ķes a parte, o radialista botou o cavaleiro para bater em retirada. Se estando aqui a coisa est√° dif√≠cil... fazer pol√≠tica por telepatia e atrav√©s do EAD (E √Ä Dist√Ęncia) √© dif√≠cil.

 

Moldando
Mesmo sendo cedo para tirar qualquer conclus√£o, come√ßamos a perceber que o papel articulador do economista Edival Campos pode ter desfecho positivo. Por mais complexa que seja a sua miss√£o, ele (Edival) acredita naquilo que faz e insiste em pregar que a unidade √© bem melhor que qualquer tipo de ciz√Ęnia. A observ√Ęncia naquilo que faz Edival come√ßa pelo simples papel do articulador n√£o pretender, em nenhum momento, ser o substituto daquele que representa. Isso √© bom e ainda que n√£o atinja o seu objetivo, Edival trabalha como um monge tibetano, com paci√™ncia e resigna√ß√£o na arte da moldagem de um novo conceito pol√≠tico para aquele que o convocou a t√£o dif√≠cil miss√£o.
- O controvertido estadista francês, Charles de Gaulle, nascido em 1890 e morto em 1970, disse um dia que "O talento é um título de responsabilidade". Pensando bem...


"Dream City"
A rede social, principalmente o Facebook, realmente se tornou uma ferramenta criativa e nela despontam celebridades instant√Ęneas e outros fen√īmenos moment√Ęneos, t√£o passageiros como as chuvas de ver√£o. √Č poss√≠vel observar na rede social "Prefeito de Facebook"; "Empres√°rio de Facebook"; "Justiceiro de Facebook"; "Paladino da Moral de Facebook"; "Comentarista de Facebook"; "Desdenhador de Faceboook"; enfim, celebridades instant√Ęneas e com capacidade para transformar Nobres na Cidade dos Sonhos de todos. Eu trago isso, aquele produz isto, como se a chave do sucesso estivesse na rede social.
- Psiu! A vida real é outra coisa.

 

 

Quem Desdenha...
...quer comprar, diz um ditado popular. Desconhecemos em Nobres algum ve√≠culo de comunica√ß√£o que seja 100% imparcial. Desconhecemos o ve√≠culo de comunica√ß√£o em Nobres que trabalhe gratuitamente e n√£o queira manter rela√ß√Ķes comerciais com o setor p√ļblico. E ainda n√£o se conhece quem tenha uma empresa e uma planilha de gastos e ainda sim rasgue dinheiro. Esse neg√≥cio de paladino da moral sem conseguir olhar ao redor, n√£o vai funcionar; ningu√©m mais acredita em bl√°-bl√°-bl√° e todo mundo sabe quem √© quem em Nobres. O com√©rcio em Nobres sabe quem √© quem e as pessoas com as quais lida.
- Pode desdenhar a vontade, seu moço.As uvas estão verdes, não é mesmo?


Quem é Quem?
Até prova em contrário, o prefeito do município chama-se Sebastião Gilmar, a quem cabe nomear e demitir. Todos os secretários de governo estão com os cargos em disponibilidade 24 horas por dia e se o prefeito decidir demitir, com certeza o fará por sua convicção e livre arbítrio. Esse negócio de ficar dando alfinetadas e falando pelos cotovelos não resolverá o problema, bastando procurar o prefeito, pessoalmente, e apontar o nome daquele que atrapalha a sua administração e a ele caberá à decisão de demitir.
- Se o prefeito resolver demitir, mesmo o mais apaixonado por servi√ßo p√ļblico vai sair. Fa√ßa "lobby" e se for bom para o governo, que saia quem est√° atrapalhando.

 

 

Bairro (in)feliz
A população do bairro São José, principalmente do entorno da associação comunitária, agradece pelas duas noites de intensa poluição sonora e com roncos dos motores das motocicletas a "envernizar" os ouvidos das pessoas que estrearam o horário de verão com muito som. Realmente, aquelas pessoas que moram mais próximas da entidade, tanto maior foi à poluição e aquelas cenas realmente 'bacanas', de rala e rola. E nesse rala todo, não é que rolou briga, bem à porta da casa de uma família.
- Isso sim é que é estreia de horário novo, com noite mal dormida, zoeira e som nas alturas.

 

Lembranças Resgatadas
O falecimento do ex-Conselheiro Ary Leite de Campos resgatou algumas boas lembranças dos antigos embates entre integrantes do velho MDB e o pessoal da base aliada do governo, ali pelos anos 70. O então deputado estadual Cecílio de Jesus Gaeta, então no MDB, bateu de frente por várias vezes com o deputado Ary. Curiosamente, em 1.986, Ary Campos foi para o TCE-MT, na vaga de Enio Carlos de Souza Vieira, que Jesus Gaeta conheceu muito bem e sabe das controvérsias geradas quando da entronização de um farmacêutico no TCE-MT. E para não dizer que não falamos das flores, Gaeta viu, com assombro, aquele rumoroso caso da Matoveg, uma esmagadora de castanha de babaçu que nunca saiu do papel com a utilização de recursos do Bemat.
- Foram embates extraordinários de um pessoal que fazia política de forma apaixonada.


Historiador
Sem a necessidade de lançar mão de perfil falso no Facebook, bastando consultar os anais da história de Nobres, qualquer um pode verificar como se fazia política em Nobres antigamente, a ferro e fogo. Sem a necessidade de esconder de ninguém, qualquer um que queira certificar-se da história de Nobres, pode pesquisar sobre o uso do poder político para apropriação de imóveis urbanos que mais tarde se tornariam propriedade de políticos. Está nos cartórios locais, no setor de tributos e até no Fórum da Comarca de Nobres, farto material que serviria de enredo para histórias mil acerca desses fatos reais. Vale lembrar, pesquisa nesse sentido, seria como mexer num vespeiro, mas é material para historiador nenhum botar defeito.
- Sendo assim... quem se habilitaria?


Historiador II
Ainda não vimos, mas aqui vai uma sugestão, para qualquer vereador que queira fazer homenagem a uma mulher guerreira, batalhadora e que tão bem soube criar as suas filhas, hoje, uma gente com nível superior e até mestrado. Dona Malvina e seu esposo seriam merecedores de uma Sessão Solene pelos capítulos de vida que escreveu e segue escrevendo em Nobres. Qualquer campanha de valorização da mulher teria que fatalmente passar por essa guerreira que sabe combater o bom combate. Dona Malvina é parte da história de Nobres e, como diria Sergio Reis, o cantor sertanejo: "...foi bem guiada pelas mãos Divinas...".
- Dada a sugest√£o, vereadores de Nobres.


Bem Lembrado
Assim escreveu o Diogo Edig√≠dio Sachs, que √© advogado em Cuiab√°: "Perder uma elei√ß√£o √© o pior dos mundos, - Nem pensar! Raz√£o pela qual me lembro, aqui, da par√°bola de Bunyan, transcrita por Jorge Lu√≠s Borges, no livro Outras Inquisi√ß√Ķes; "(...) as pessoas olham cobi√ßosas para um castelo guardado por muitos guerreiros, na porta h√° um guardi√£o com um livro para escrever o nome daquele que for digno de entrar. Um homem intr√©pido se aproxima desse guardi√£o e lhe diz: 'Anote meu nome, senhor'. Tira imediatamente a espada e se lan√ßa sobre os guerreiros e recebe e causa ferimentos sangrentos, at√© abrir caminho em meio ao fragor e entrar no castelo".
- O texto acima descreve fatos ligados ao ano que vem e por aqui, pensamos no ano passado.


Cena Teatral
No jogo entre Cruzeiro e Fluminense, quarta-feira (16/10), os jogadores do velho "pó de arroz" reclamaram de suposta péssima arbitragem do juiz da partida em que o time carioca perdeu por 1 a 0. O árbitro Paulo Henrique Godoy Bezerra foi cercado por alguns jogadores do Fluminense e expulsou o meia Felipe na confusão, mas, como estava cercado pela tropa de choque da PM, saiu de trás da proteção e fez aquela cena clássica, erguendo os braços e apontando o vermelho para o jogador do Flu e depois voltou rápido para trás dos escudos de proteção.
- Apesar dos palavr√Ķes de Felipe, a cena patrocinada pelo √°rbitro foi hil√°ria.

 

Papo Furado
O Facebook realmente √© um territ√≥rio perigoso, mas ou menos como uma ilha, cercada de tubar√Ķes e crocodilos por todos os lados. De como uma foto de um verdadeiro artista das imagens, o fot√≥grafo Antonio Siqueira, de Ros√°rio Oeste, serviu a coment√°rios maldosos de pessoas que nem residem aqui. O tema central de tudo √© uma bela foto, produzida por Antonio Siqueira, no entanto, o olhar desatento de um analista, residindo h√° milhares de kms de Nobres, deixou a percep√ß√£o da bela imagem de lado para rebuscar o passado e ainda inferir-se contra quem mora aqui.
- Quem diria, depois do Analista de Bag√©, surge um novo fen√īmeno, o Analista da Praia do Futuro. Uma foto, as suas cores e o √Ęngulo que serviu de tomada para o artista virou um ba√ļ do saudosismo.


Papo Furado II
O ex-√°rbitro de futebol e profissional na √°rea da agrimensura, com dezenas de anos em Nobres, Donozor de Oliveira, a quem reverenciamos pelos servi√ßos prestados por aqui e por estar aqui, fa√ßa sol ou fa√ßa chuva, foi questionado no Facebook pelo suposto fato de ser de Alto Paraguai. E da√≠, ele est√° aqui, trabalha aqui, permanece aqui e tem fam√≠lia aqui? Tudo por causa de uma foto no Facebook, num trabalho profissional digno de um artista, o rosariense Antonio Siqueira, autor de outras milhares de fotos retratando Ros√°rio Oeste, Nobres, sua gente, suas tradi√ß√Ķes e hist√≥rias. Antonio Siqueira e Donozor de Oliveira merecem uma Mo√ß√£o de Aplauso, cada um, pelo que fazem e por enfrentar sol, chuva, poeira e estrada em Nobres e regi√£o.
- Se uma foto pode ser distorcida, imagine um fato.

 

Baf√£o
Caiu de bandeja, essa de uma moçoila chorar copiosamente em velório, querendo ser mais "importante" que o falecido. Dizem que isso aconteceu um dia desses e chamaram "la belle mademoiselle" para uma conversinha, lá longe, debaixo de um pé de árvore. "Escuta aqui, sua fdp., vai dar seu show lá na pqp senão eu chamo a polícia e vc vai se f..der". Isso que chamamos de diálogo... "curto e grosso".
- Isso que tamb√©m chamamos de chupar a bocaiuva e ainda ter que engolir o caro√ßo. "Essis pessoar de Ros√°rio (na Argentina) mata √īce de vergonha".


Ex-secret√°rio Opina
Em postagem no facebook, o produtor rural e ex-secret√°rio de Turismo e de Agricultura de Nobres, Everaldo Ferreira de Barros destacou que: "√Äs margens MT 240 concentra a maior produ√ß√£o agropecu√°ria do Municipio de Nobres, acho que j√° temos mais de 70 mil hectares de lavoura e mais de 80 mil cabe√ßas de bovinos, nessa regi√£o. Parece pouco, mas s√≥ em FETHAB que s√£o pagos pelos propriet√°rios representam mais de 500 mil reais depositados na fonte aos cofres da SEFAZ. Com estes valores, este fundo poderia destinar parte deste valor na conserva√ß√£o desta rodovia (MT-240). Sabemos que a rodovia √© danificada na maioria por caminh√Ķes que levam calc√°rio para Santa Rita do Trivelato, Boa Esperan√ßa, Santiago, Gaucha do Norte etc.. e quem fica com peda√ßo ruim √© o Municipio de Nobres. Acho oportuno haver uma mobiliza√ß√£o dos nossos produtores, vereadores, deputados da nossa regi√£o e voc√™ Gilmar, v√° em busca desses recursos, porque se n√£o eles mandam para outros munic√≠pios. Um abra√ßo a voc√™s!".
- Antenado com Nobres.

 

Jogando Contra
Apesar de o c√©u se apresentar claro e com a presen√ßa fulgurante do rei Sol, algumas aves de mau agouro continuam sobrevoando Nobres. Usam a rede social para postagens negativas, mesmo n√£o estando em Nobres e sem nenhum v√≠nculo com o munic√≠pio, nem eleitoral. Torcem, como sempre, para tudo dar errado por aqui. Como no caso da instala√ß√£o de uma unidade da Caixa Econ√īmica por aqui, que √© o desejo de muita gente, e do empresariado local. A Caixa n√£o √© um banco que saia distribuindo dinheiro por a√≠ e ningu√©m conhece nenhum banco assim, mas os benef√≠cios de mais uma ag√™ncia credit√≠cia por aqui √© importante e todos desejam isso. Financiamento de materiais para constru√ß√£o, financiamento para reforma, financiamentos de im√≥veis prontos, benef√≠cios sociais pagos ali, enfim, √© um banco com 150 anos de vida.
- Que tal espingarda de press√£o para abater esses agourentos voadores?


Jogo de Futebol
Imaginemos que Neymar tenha um irmão e no dia do jogo contra o Real Madri os colegas do jogador entrem no vestiário e eles encontrem o irmão do atleta vestido com a camisa do time e dizendo: "o meu irmão não pode vir, amanheceu indisposto e mandou-me para substituí-lo". Qual não seria o espanto de Fábregas, de Iniesta, de Xavi Alonso e outros? Mas, ele não joga nada, não tem nenhum registro como atleta e quer entrar em campo, vê se pode isso. Bem, isso é só fruto da imaginação e menos mal que Neymar não tenha irmão com essa pretensão.Isso é legal? E como a Federação Espanhola entenderia isso?
- Alguém já se deparou com algo semelhante?


Previdência Municipal
A tal loira fatal, fez uma v√≠tima em Mato Grosso, na cidade de Primavera do Leste (a 240 km de Cuiab√°), onde o gestor n√£o resistiu aos encantos da loira, a modelo Luciane Hoepers, conhecida como a "musa do crime". Bruno Queiroz, superintendente do Instituto Municipal de Previd√™ncia dos Servidores P√ļblicos (Imprev) teve as contas reprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) referente ao exerc√≠cio 2012. O superintendente ter√° que devolver aos cofres do munic√≠pio R$ 5 milh√Ķes. No relat√≥rio t√©cnico, a Secex da Quarta Relatoria do Tribunal de Contas de Mato Grosso, constatou, entre v√°rias irregularidades, a inefici√™ncia na gest√£o dos ativos previdenci√°rios que resultou na rentabilidade negativa para o Imprev, com perdas na ordem de R$ 5.066.446,73. Na defesa, o gestor limitou-se a encaminhar o relat√≥rio anal√≠tico dos investimentos no ano de 2012, elaborado pela Consultoria em Investimento Cr√©dito & Mercado. Isso est√° no Midia News.
- Cruzes, ainda bem que essa irresistível loiraça não passou por Nobres. Mas...

 

Assunto em Pauta
Um papo que vai sendo bastante comentado √© a possibilidade de um jog√£o de bola envolvendo a sele√ß√£o da Cia. PM de Nobres e o time da Prefeitura de Nobres. O convite/desafio partiu do Capit√£o Pedroso, mas fez quest√£o de salientar que o jogo s√≥ acontecer√° caso a agenda da sua sele√ß√£o esteja com uma vaga aberta para esse novo embate. Dia desses, perdeu fora de casa, para um time que n√£o √© fraco, l√° do bairro S√£o Benedito, em Ros√°rio Oeste. Resta saber como vai ser a escala√ß√£o do time da Prefeitura, que corre o risco de contratar refor√ßos de √ļltima hora, casos de alguns vereadores, bastante habilidosos.
- Se vale contratar fora da janela de contrata√ß√Ķes, v√™m refor√ßos por a√≠.


Facecoice
Frequentar a rede social nos √ļltimos dias est√° mais dif√≠cil que ordenhar vaca braba. Se n√£o tiver experi√™ncia e n√£o colocar uma peia na vaca... o risco de coice √© iminente. Do dia 03/10 para c√°, o Facebook s√≥ anda distribuindo sapatada. Tem gente que passa, d√° uma olhada e sai fora. O povo anda nervoso e ainda tem gente que anda longe de Nobres, desde que afundou uma coliga√ß√£o, h√° pelo menos cinco anos atr√°s, e agora resolveu dar com as caras no Face, dando mais palpites que apostador em v√©spera de loteria acumulada. Vamos montar uma empresa de exporta√ß√£o de Cavaleiros do Apocalipse.
- √Č como diria o nobrense, "oc√™ t√° cabojado e ainda vem mais p√© frio d√° palpites". Vade retro. "Sunt mala quae libas / Ipse venena bibas".

 

Em Ação
O vereador Jand√£o, ainda ontem (07/10), no comecinho da manh√£, adiantava que iria agilizar a recupera√ß√£o do trecho que vai da ponte do Xaxim at√© nas proximidades do Posto de sa√ļde do Jardim Petr√≥polis. O tr√°fego intenso ali tem causado danos na pista e para se ter ideia, na Serra do Tombador, aonde tem estrutura de ferro e camada de concreto, a pista sofre press√£o exercida pelo peso e volume de tr√°fego ali verificado; agora imaginemos uma pista asf√°ltica antiga e com trechos onde h√° pontos de umidade. Jand√£o j√° teria anunciado que iria procurar o pessoal da Sanches Tripoloni para uma parceria.
- √Č aguardar para ver. Ainda √© melhor a solu√ß√£o que o simples apontamento.


Tarefa Difícil
O economista Edival Campos, que participou ontem (07/10) da audi√™ncia p√ļblica em que Nobres cogitava uma ag√™ncia da Caixa para a cidade, gostou do que viu e do que ouviu. Edival disse ("in off") que h√° nada mais seguro e s√≥lido que a unidade em torno de objetivos comuns a sociedade. O seu prop√≥sito √© agregador, resta saber se vai ter a necess√°ria paci√™ncia para suportar as altern√Ęncias comportamentais da pol√≠tica local, tocada ao sabor do plenil√ļnio.
- Buenas suerte, hombre.

 

Visitantes Ilustres
Quem passou ontem (03/10), à noite, por Nobres em direção a cidade de Diamantino foi o empresário José Eduardo Botelho, que já conhece muito bem a região, desde quando foi chefe do escritório regional da Cemat por estas bandas. Além de Botelho, passaram por aqui o vice prefeito de Diamantino, Valdinei Teodoro, uma vereadora e assessores que acompanhavam a comitiva. Botelho foi recepcionado pelo prefeito Sebastião Gilmar, secretários municipais e pessoas convidadas e o visitante veio rever amigos antigos e fazer novos amigos. Como bom anfitrião, o prefeito Sebastião Gilmar disse que os ares da democracia são respirados em Nobres e que aqui as portas estarão sempre abertas a todos.
- O visitante disse que vai voltar mais vezes a partir do ano que vem.

 

Bombando
O programa televisivo apresentado pelo Andr√© God√≥i, atrav√©s da TV Cidade, alcan√ßa bom n√≠vel de popularidade e o apresentador "teen" costuma receber dezenas e dezenas de liga√ß√Ķes pela ferramenta WhatsApp. Na semana que vem, deve sortear um pr√™mio especial aos seus telespectadores, os que tentar√£o adivinhar o que est√° contido numa mala. Chama a aten√ß√£o, a presen√ßa de um galo no est√ļdio, alcunhado de Makotinho, para balan√ßar geral no "Balan√ßo Geral". O brinde da semana que vem vai quebrar a cabe√ßa de muitos telespectadores, segundo Andr√© Godoi.
- Seria um vale refeição, com direito a "farrofá-du-bananá".


Subindo Ao Céu
Depois de enfrentar inferno astral com os maus aug√ļrios de que teria praticado Caixa Dois na √ļltima campanha, eis que o presidente regional do PROS em Mato Grosso, desde o in√≠cio de outubro, Valtenir Pereira, contabiliza a filia√ß√£o de cerca de 80 vereadores e nove prefeitos mato-grossenses. Conforme a m√≠dia baseada em Cuiab√° e em Bras√≠lia, a maioria dos novos PROS √© oriunda do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e j√° tinha compromisso firmado com o ex-l√≠der socialista. E at√© o pr√≥ximo s√°bado (05/10), quando se encerra o prazo para que novos pr√©-candidatos mudarem de partido, a expectativa √© de mais ades√Ķes. E olha que tinha gente dentro do PSB querendo a cabe√ßa de Valtenir, at√© dias atr√°s.
- Isso é o que se pode comparar ao levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima.

 

Transferência/Grana

No in√≠cio de 2.013, muita gente reclamava da falta de medicamentos, mas ningu√©m sabia que desde junho de 2.012 at√© o m√™s de dezembro do ano passado, os recursos da Conta √önica de um fundo de sa√ļde municipal vinham sendo transferidos para outra conta e depois desapareciam. Ao todo, foram transferidos da conta do fundo, mais de 240 mil reais, raz√£o porque o hospital conveniado ficou sem receber. O curioso √© que essas transfer√™ncias ocorreram durante meio ano e muita gente ficou calada em rela√ß√£o ao fato. N√£o seria hora de se criar em Nobres uma "Opera√ß√£o Biruta" (vide aqueles saquinhos orientadores dos aeronautas nos aeroportos e locais de decolagens de asa delta)?
- Cadê a Delegacia Fazendária?


Cobrança
Tem gente cobrando urgência na revitalização da estação rodoviária, mas, curiosamente, quem anda curtindo essas postagens esquece que só em 2012 teve taxista que realizou mais de 20 mil reais em corridas de táxi, de Nobres para esse 'Brasilzão' afora. Realmente, os bons tempos são aqueles em que os benefícios individuais nos agradam e o resto da cidade que sifu. Até para cobrar tem que ser com coerência. Esses mais de 20 mil reais dariam para um bom começo ou uma boa entrada num carro próprio para o município.
- Temos a listagem completa dos pagamentos e os locais de deslocamento... de aqui para l√° e de l√° para c√°.

 

Quer Comprar?
O cacique do PMDB, eterno presidente Carlos Bezerra, disse √† imprensa que o seu partido n√£o abre m√£o de lan√ßar candidato a governador ou a senador. E Bezerra ainda desdenhou sobre Era√≠ Maggi, dizendo que nem pensou no caso dele (Era√≠). Bezerra est√° passando da hora de se aposentar, literalmente, da vida p√ļblica e da pol√≠tica partid√°ria. J√° deu o que tinha que dar e vai ver se quer votar na proposta de reforma partid√°ria que marca o fim das reelei√ß√Ķes a vereador, deputado estadual, federal e aos cargos do Executivo.
- Bananeira que j√° deu cacho em Mato Grosso.


Sa√ļde Complicada
Quem estaria com problemas s√©rios de sa√ļde seria o ex-deputado e ex-Conselheiro do TCE-MT, Ary Leite de Campos. Ele estaria internado em S√£o Paulo e o seu quadro de sa√ļde n√£o seria dos melhores, apesar de poucos saberem disso ou se interessarem por esse momento porque passa esse eminente homem p√ļblico. Torcemos para que Deus fa√ßa o melhor por essa personalidade hist√≥rica de Mato Grosso e um homem que n√£o costumava medir as palavras na defesa dos interesses populares, dos seus amigos e correligion√°rios.¬†
- Que Jesus o acompanhe neste momento.

 

E Nobres?
Segundo nota divulgada pela imprensa da capital, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) contratou a empresa MMC Veículos Automotores Ltda. para fornecer veículos tipo pick-up para a pasta. A empresa irá receber R$ 902 mil. Resta saber se o município de Nobres vai receber um veículo desses para percorrer todo o Parque Estadual Gruta da Lagoa Azul que hoje é feito por um modelo ultrapassado e bastante "estragadinho". O Estado precisa ter responsabilidades e não transferi-las ao município, que já é penalizado pela União com a divisão do bolo onde, ao invés de fatias, repassam migalhas, desconhecendo que o País começa nos municípios.
- √Č aguardar pra ver. Z√©zinho Lacerda, Nobres existe, amigo!


E Nobres? II
O Estado gosta de administrar recursos, mas n√£o quer ter trabalho e anda repassando seus problemas (ou seriam solu√ß√Ķes?) aos amigos. Os carros que servem ao setor da Seguran√ßa P√ļblica s√£o alugados e de Nobres retiraram uma viatura que servia √† Pol√≠cia Militar por alegado fim de contrato e n√£o enviaram outra para repor a perda. Gosta do dinheiro dos impostos, mas quer levar vida de mancebo, administrando s√≥ o dinheiro e nada de ter maiores responsabilidades. N√£o administra mais o sistema de sa√ļde por inteiro, terceirizou o sistema de √°gua e luz j√° faz tempo; as viaturas s√£o alugadas e s√≥ faltaria terceirizar a seguran√ßa p√ļblica. J√° imaginaram, o governo vendendo todo o efetivo militar ou "arrendando" por 30 anos.
- √Č o que faltaria para completar o conjunto da obra.

 

Faro de Militar
O capit√£o Pedroso, ao expor sua opini√£o durante a realiza√ß√£o de uma audi√™ncia p√ļblica para a cria√ß√£o do Espa√ßo da Juventude, dia 26 de setembro, foi sensato nas palavras e falou dos riscos √†s fam√≠lias, aos jovens com um espa√ßo onde se re√ļnem muitas pessoas para campeonatos de som. O uso indiscriminado de drogas l√≠citas, sexo, menores de idade, empinadores de motos, riscos de traumas f√≠sicos graves e despesas aos contribuintes com les√Ķes graves e cuidados especiais com pacientes que tenham sofrido les√Ķes cervicais e traumatismo craniano. Riscos, alertas, palavra de quem j√° conhece esse outro lado dos eventos semelhantes, mas, entretanto, n√£o se mostrou contra a proposta. H√° direitos e deveres, transmitidos atrav√©s da voz da experi√™ncia.
- Abaixo, um espaço com semelhança e que serve de alerta.

 

 

Experiência Nada Boa
Deu na imprensa baseada em Cuiab√°: "Cumprindo determina√ß√£o da 1¬™ Vara da Inf√Ęncia e Juventude de Cuiab√°, oficiais de Justi√ßa lacraram a casa noturna "Rancho Automotivo", que funciona no Rodovia Emanuel Pinheiro (Cuiab√°-Chapada dos Guimar√£es), no bairro Jardim Florian√≥polis, em Cuiab√°. No local, de acordo com as informa√ß√Ķes, j√° foram registradas v√°rias ocorr√™ncia policiais. E h√° den√ļncias de que a casa facilitaria o acesso de menores e adolescentes. Conforme os PMs, a regi√£o apresenta muitas ocorr√™ncias, principalmente nas noites de sexta-feira e s√°bado, de madrugada".
- Qualquer semelhança com o que disse o capitão Pedroso, não terá sido mera coincidência. Há direitos saudáveis à diversão, ao lazer e ao entretenimento, mas também há deveres. Sendo assim... leia de novo o que está aí no tópico abaixo e reflita.

 

 

Saque/Conta
A atual administra√ß√£o municipal de Nobres tem que ir fundo nas investiga√ß√Ķes e at√© registrar nos canais competentes den√ļncia contra poss√≠veis saques realizados numa das contas vinculadas ao sistema p√ļblico de sa√ļde ap√≥s as elei√ß√Ķes. Ao menos uma fonte se apresenta como segura e capaz de solucionar, ainda que parcialmente, o mist√©rio. As informa√ß√Ķes vieram √† tona nos √ļltimos dias e pelo menos quatro pessoas conhecem do esquema e de como agiram as pessoas envolvidas naquela opera√ß√£o, supostamente, sob coa√ß√£o e viol√™ncia. Teria havido at√© simula√ß√£o de demiss√£o de servidor para que o ato fosse concretizado.
- E aê, quem primeiro vai falar sobre o assunto?


Castigo
Um erro n√£o compensa outro, j√° dizia Roberto Carlos e tantos outros por a√≠. Alguns corruptos sofreriam com uma praga incur√°vel dos dias modernos. Seria mais ou menos como uma praga de madrinha. Algu√©m a√≠ j√° passou por isso? O sujeito mete a m√£o na grana do povo (que n√£o √© dele, obviamente!) e passa a ter a conta banc√°ria recheada; mas sofreria de um mal f.d.p: "Pau com menos de 9 cms e ainda n√£o levanta... nem com aterramento". Seria uma d√ļvida atroz, a conta banc√°ria zerada, mas o pau nas alturas; ou deixa como est√° para ver como √© que fica? A√≠, o cara amanhece meio atravessado e come√ßa a gritar: "Eu quero dar... eu quero dar...". "O qu√™?", perguntaria o seu interlocutor.
- O dinheiro ou o c...? Conheces alguém assim?


Mensal√£o Mato-grossense
De fato, por aqui, o mato √© grosso e a grana √© farta. Segundo a m√≠dia e o delegado Fazend√°rio, Carlos Cunha, que investigou a fraude mato-grossense, a coisa beira uma compara√ß√£o com o Esc√Ęndalo do Mensal√£o. "Observamos a todos os instantes coment√°rios do esc√Ęndalo do Mensal√£o, mas se n√≥s fizermos uma an√°lise comparativa, o nosso esc√Ęndalo [das cartas de cr√©dito] ultrapassa em mais de 100% o dano que ocorreu em √Ęmbito federal", pontua. O esc√Ęndalo das cartas cr√©dito, que desviou quase R$ 500 milh√Ķes dos cofres estaduais, supera em mais de 300% o valor desviado no ent√£o considerado maior esc√Ęndalo de corrup√ß√£o no pa√≠s, o Mensal√£o. A nossa fonte √© o Di√°rio de Cuiab√°.
- E adivinhem como vai terminar isso? Em enrolação e "embargos infringentes", desses gente finas que moram em condomínio de luxo.


Lavagem de Dinheiro
O GCCO confirmou a pris√£o de Francisco Evanaldo Gomes, Regis Wagner Alves de Lima, Ivanildo Pereira Cavalcante, Wuenes Vagner Rodrigues e Antonio Aparecido de Oliveira Ferreira e com essa galera foram apreendidos R$ 50 mil do dinheiro roubado, 16 ve√≠culos, sendo dois caminh√Ķes e cinco motocicletas, al√©m de duas pistolas ponto 40, dois revolveres e carregador com muni√ß√£o de fuzil 7,62. Entre os autom√≥veis est√£o um Toyota Corolla, sem placa, comprado na quinta-feira (26.09), com dinheiro do assalto, Honda Civic, um Golf, Celta e outras modelos populares. Como se v√™, al√©m de violentos nas a√ß√Ķes s√£o desfalcados de sabedoria e foram logo comprar carros novos para "lavar" o dinheiro roubado dos bancos.
- Facilitaram a ação da inteligência através do GCCO.


MPE/Den√ļncia
Eis que o presidente da C√Ęmara Municipal de Cuiab√°, Jo√£o Emanuel, aparece na fita mais uma vez, com problema s√©rio e sob acusa√ß√£o de ser a mente por tr√°s de um certo estagi√°rio no "com√©rcio" de senten√ßa, segundo est√° na m√≠dia cuiabana. E quem acreditava que Ralf Leite seria problema, n√£o deu tempo para compara√ß√Ķes e eis que outro jovem vereador est√° na m√≠dia uma semana sim e a outra tamb√©m. V√° ver quem vai querer postar foto ao lado dele no Face, agora que est√° cada vez mais famoso.
- Realmente, a C√Ęmara Municipal de Cuiab√° necessita, urgentemente, de uma sess√£o de "descarrego", com muita pinga, vela preta, farofa, giz e p√≥lvora. "Mizifio t√° mar...".

 

Caso de Polícia
Consta, segundo uma pessoa ligada √† administra√ß√£o anterior, que um relat√≥rio foi entregue a duas pessoas sobre um problema grave de suposto saque de valores de uma conta vinculada ao sistema p√ļblico de sa√ļde no m√™s de dezembro. As duas pessoas teriam recebido c√≥pia pormenorizada sobre os saques, valores, n√ļmeros de conta, para onde o dinheiro foi transferido e as pessoas que trabalharam nessa opera√ß√£o. Quem recebeu as c√≥pias contendo as informa√ß√Ķes e nada fez, dever√£o ser arroladas na den√ļncia. A situa√ß√£o √© braba, vergonhosa e caso de pol√≠cia. Isso ainda vai dar muito o que falar.
- A quem caberia apresentar os documentos ao MPE? Por bem menos, tem pessoas presas por aí.


Faltaria Conte√ļdo?
O que teria os alunos que est√£o inscritos num determinado curso a ver com a cria√ß√£o do Espa√ßo da Juventude? E com os jogos estudantis? Ou seria falta de conte√ļdo program√°tico ou, na melhor das hip√≥teses, foram levados para garantir quorum √† audi√™ncia p√ļblica. Que os alunos s√£o jovens, isso √© ineg√°vel, mas o que teria a ver a audi√™ncia tem√°tica com turismo? E ainda dizem que isso √© pegar no p√©. Dia desses, os alunos foram vistos no Balne√°rio Dona M√°xima em aula de campo, o que √© perfeitamente plaus√≠vel, mas, inteirar-se de campeonato de som automotivo que se realizar√° l√° no futuro, a√≠... je ne comprends pas. Aula de cidadania, ent√£o t√°.
- A m√°xima (ou p√©rola) "futuro do amanh√£" n√£o seria uma redund√Ęncia?Ouvimos muito isso na transmiss√£o da Copa Ver√£o, dias atr√°s, e durante a audi√™ncia p√ļblica de 26/09/13.

 

Espaço da Juventude
O capit√£o Pedroso, da Companhia de Pol√≠cia Militar de Nobres, participou da audi√™ncia p√ļblica realizada por solicita√ß√£o do vereador Adelian Messias, dia 26 de setembro, √† noite, para tratar da cria√ß√£o do Espa√ßo da Juventude ou de um ambiente prop√≠cio √† realiza√ß√£o de competi√ß√Ķes de som, apresenta√ß√Ķes com motos e outros. Segundo o comandante militar, a PM n√£o √© contra, mas √© preciso assumir riscos e responsabilidades futuras com o estabelecimento de um espa√ßo dessa natureza, citando locais privados em Cuiab√°, onde se realizam eventos similares e, vez ou outra, se registram viol√™ncias, tiros e muito √°lcool.
- O militar alertou que isso tem consequências.


Espaço da Juventude II
Divers√£o com responsabilidade e sem exibicionismo n√£o √© proibido, alertou o militar, que prefere ver a coisa pelo √Ęngulo da raz√£o, evitando que amadores sigam empinando motos em locais impr√≥prios. Ainda que se tenha o espa√ßo desejado, as exibi√ß√Ķes deveriam ficar restritas aos profissionais que treinam para isso e ganham para isso, citando o campeon√≠ssimo de free style, Joaninha. Realmente, o capit√£o Pedroso fez um alerta necess√°rio e disse n√£o ser contra lazer e divers√£o, desde que ningu√©m v√° parar numa UTI de hospital, n√£o fique parapl√©gico e nem tetrapl√©gico. O custo com a interna√ß√£o de pacientes com traumas graves por acidentes de moto causam enorme preju√≠zo financeiro ao pa√≠s e aos familiares restam todos os demais problemas.
- Mas, tudo aquilo que é realizado com seriedade e responsabilidade, merece atenção. Sendo assim...


Espaço da Juventude III
O prefeito Sebasti√£o Gilmar tamb√©m argumentou acerca do tema durante a audi√™ncia p√ļblica e aproveitou para agradecer aos vereadores pelo apoio na busca da solu√ß√£o aos problemas financeiros que herdou. Disse que gostaria de ver todos os jovens presentes aos eventos que s√£o decisivos para a vida em comunidade, caso espec√≠fico de uma confer√™ncia municipal das cidades, realizada recentemente, onde a cria√ß√£o do espa√ßo jovem poderia ser discutida. Sebasti√£o Gilmar elogiou ao capit√£o Pedroso pelas palavras colocadas, sob a √≥tica da raz√£o embora n√£o tenha radicalizado em rela√ß√£o ao seu posicionamento. O prefeito compartilhou do pensamento do militar e disse que a ideia √© in√©dita dentro dos 48 anos de hist√≥ria de Nobres e que prefere ver o amadurecimento da proposta que ter√° o seu apoio.
- O prefeito fez um pronunciamento que agradou aos presentes.

Medidor Econ√īmico
A Prefeitura de Nobres aparece ranqueada no Conceito A do IFGF (√ćndice Firjan de Gest√£o Fiscal) nos per√≠odos de 2.009 e 2.010. O √≠ndice √© composto por cinco indicadores: IFGF Receita Pr√≥pria, IFGF Gasto com Pessoal, IFGF Investimentos, IFGF Custo da D√≠vida e o IFGF Liquidez, respons√°vel por verificar a rela√ß√£o entre o total de restos a pagar acumulados no ano e os ativos financeiros dispon√≠veis para pag√°-los no exerc√≠cio seguinte. J√° a partir de 2.011 n√£o h√° dados dispon√≠veis, mas o de 2.012, seguramente, dever√° bater todos os recordes de anarquismo nos futuro indicadores. √Č esperar pra ver. Enquanto isso, o ex-prefeito e o ex-secret√°rio de Finan√ßas de Nobres s√£o vistos em animados bate-papos √† margem da MT-010, em algum trecho dessa pista. Dia desses, foram vistos ali pela baixada do Morrinho, sa√≠da de Ros√°rio para Cuiab√°.
- Amigos para sempre.


Casa Nova
"No √ļltimo dia 24 de setembro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o registro eleitoral de dois novos partidos: o Pros (Partido Republicano da Ordem Social) e o Solidariedade. Os dois partidos precisaram coletar 492 mil assinaturas para obter o registro nacional. Agora, oficialmente existem 32 siglas eleitorais no Brasil. O deputado federal Valtenir Pereira deixar√° o PSB para assumir a lideran√ßa do PROS. Ele espera levar pelo menos 8 dos 11 prefeitos da sigla do prefeito Mauro Mendes. J√° o Solidariedade ser√° liderado pelo deputado estadual Adauto de Freitas, o Dautinho, que deixa o PMDB", de acordo com nota divulgada no site Olhar Direto. A presen√ßa de Antero de Barros no PSB, aliada ao desejo de manter os cargos no governo federal, Valtenir est√° deixando o partido.
- Melhor sair a ter que correr o risco de ser rifado.


Casa Nova II
Mas, ser√° que o pessoal do PSB em Nobres vai acompanhar o deputado Valtenir Pereira rumo a uma nova casa? Eis uma boa pergunta e isso deve alterar o cen√°rio local, onde est√£o o l√≠der rural Ismael Baraviera e outros; tem o ex-vereador e ex-candidato Duir√ßo Sampaio, primo do parlamentar federal e outros. Fala-se tamb√©m na sa√≠da dos vereadores Joa Costa e Fl√°vio Rondon para um novo partido. Dois novos partidos na lista dos que j√° existiam e a previs√£o de muitas altera√ß√Ķes, com dois vereadores locais deixando o PP e o PR, respectivamente.
- Vamos ver como vai se comportar√° esse novo cen√°rio.

 

Procura-se

Sabe (!?), aquele cachorr√£o preto, pintoso, que mais parecia o Charles Bronson em Duro de Matar... ele sumiu. Est√° encalhado nas prateleiras o CD com a m√ļsica: "L√° vem o neg√£o, descendo a ladeira...". Ele sumiu, feito aquela propaganda de analg√©sico pra dor de cabe√ßa. Ficou meio sem gra√ßa aquelas bandas, ali do bairro mais famoso da city, sem o "pret√£o" estiloso.
- Alguma notícia do Charles, caro detetive Catiçá? Este sabe tudo da cidade... corta pra ele, corta pra ele, produção.


Contrarregra
Durante a abertura dos 22¬ļ JEN's, o radialista La√©rcio Pop fez uma viagem no tempo atrav√©s do r√°dio ao fazer o cerimonial do evento com ajuda de contrarregras, como nos velhos tempos. Essa de pedir uma "salva de palmas" √© da antiga, hoje em dia fala-se em aplausos, que √© mais chique. Contrarregra, o que √© isso? Bem, hoje, tudo √© gravado em multim√≠dia e as vinhetas podem ser baixadas pela internet. Teve at√© quem alertasse para evitar aplausos ao Hino Nacional, mas isso √© opcional e n√£o quer dizer que esteja errado, quando errado √© cantar errado.
- Um pouco de saudosismo e nada que tirasse o brilho do evento.


Na Bronca
A prof.¬™ Adenil Pinho n√£o gostou que deixassem os alunos de uma escola sem realizar uma apresenta√ß√£o cultural prevista. A programa√ß√£o acabou se estendendo por conta da bela apresenta√ß√£o das fanfarras e n√£o teria sido nenhum discurso que atrapalhasse o curso do evento, isso √© o que se acredita, mas fica registrada a bronca da prof.¬™ em rela√ß√£o aos seus alunos, que n√£o puderam se apresentar. √Č como diria aquele grande/pequeno int√©rprete...
- "...mas tudo passa, tudo passar√° e nada fica, nada ficar√°...". E vamos √† vig√©sima terceira edi√ß√£o... hasta la ma√Īana.


Senador/Atitude
"A Comiss√£o de Assuntos Econ√īmicos (CAE) rejeitou na ter√ßa-feira (24), em car√°ter terminativo, projeto que tinha o objetivo de alterar a distribui√ß√£o da compensa√ß√£o financeira pela explora√ß√£o de recursos h√≠dricos para fins de gera√ß√£o de energia el√©trica. O senador Pedro Taques (PDT-MT) questionou a proposta durante a vota√ß√£o, alegando que ela iria retirar dos munic√≠pios o que eles mais necessitam hoje ‚Äď recursos". O texto est√° no portal de not√≠cias Midia News. "Em Mato Grosso, afirmou Taques, 13 munic√≠pios teriam preju√≠zos na nova f√≥rmula de distribui√ß√£o: Araputanga, Aripuan√£, Barra do Bugres, Campo Novo do Parecis, Chapada dos Guimar√£es, Indiava√≠, Itiquira, Jauru, Nova Brasil√Ęndia, Nova Maring√°, Pontes e Lacerda, Tangar√° da Serra e Vale de S√£o Domingos", diz a not√≠cia.
- Ao invés de Chapada dos Guimarães, era para ser Rosário Oeste, que teve parte do seu território "engolido" pelo vizinho município e ninguém fez nada.


Senador/Atitude II
Ainda, segundo o Midia News: "De acordo com dados da associa√ß√£o que re√ļne os prefeitos das cidades-sede de hidrel√©tricas, algumas dessas cidades mato-grossenses que chegam a receber mais de tr√™s milh√Ķes ao ano teriam redu√ß√£o de at√© 95% neste repasse. "O que existe hoje √© um ressarcimento dos danos causados pelas hidrel√©tricas aos munic√≠pios e aos estados. N√≥s vivemos momentos em que h√° uma distribui√ß√£o desigual dos recursos. Eles s√£o concentrados na Uni√£o e os munic√≠pios s√£o os mais prejudicados. Por isso sou contra o projeto", acrescentou Pedro Taques. Pela proposta, o repasse dos recursos dessa compensa√ß√£o seria feito adotando crit√©rios estabelecidos para a distribui√ß√£o dos fundos de Participa√ß√£o dos Munic√≠pios (FPM) e dos Estados (FPE). O relator, senador S√©rgio Souza (PMDB-PR), considerou a compensa√ß√£o indissoci√°vel "dos impactos ambientais em √°reas que, como se diz no jarg√£o do setor el√©trico, s√£o 'molhadas' pelos reservat√≥rios de hidrel√©tricas".
- A concentra√ß√£o de renda pela Uni√£o e a m√° distribui√ß√£o desses recursos aos munic√≠pios causa dissabores, tanto quanto a gatunagem com dinheiro p√ļblico nos munic√≠pios.

 

Sai ou N√£o Sai?
As especula√ß√Ķes em torno da sa√≠da do governador Silval Barbosa do governo para uma disputa ao Senado ou para o TCE-MT est√£o nas conjecturas da m√≠dia cuiabana e por l√° colocam d√ļvidas se sai ou se fica at√© o fim. Daqui de Nobres, longe dos corredores palacianos, podemos garantir, com uma boa margem de certeza, que Chico Daltro ser√° governador no ano que vem. Faz parte do desenho tra√ßado pelo PSD ainda em 2.010, quando Riva esteve em Nobres, na resid√™ncia de Gilmarzinho e dizia, √† √©poca, que n√£o sabia se apoiaria Silval ao governo do Estado.
- Na periferia, estamos mais por dentro que a pr√≥pria √°gua de c√īco.


Novo Progressista
O reitor da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), professor Adriano Silva √© a mais nova lideran√ßa do Partido Progressista (PP), em C√°ceres. Ele filiou-se a nova sigla, na √ļltima sexta-feira, depois de 14 anos, como um dos principais representantes do PMDB municipal. A solenidade, bastante concorrida, na C√Ęmara Municipal, contou com a presen√ßa de lideran√ßas pol√≠ticas locais e regionais, entre eles, o presidente-regional do partido, deputado Ezequiel da Fonseca, entre outros. A informa√ß√£o √© do site www.expressaonoticias.com.br, do jornalista Sin√©zio Alc√Ęntara, da cidade de C√°ceres.
- Ele deve manter contatos com Nobres.


Saindo?
O progressista Neri Geller pode deixar o PP (Partido Progressista) segundo consta de notici√°rios da m√≠dia estadual. Ele deve migrar para o PMDB ou para o PR. √Č o redesenho do mapa pol√≠tico para o ano que vem que j√° o nome do empres√°rio Era√≠ Maggi como certo no PMDB ou no PR, tamb√©m. Era√≠ desfalca o PDT e as pe√ßas que se movem no tabuleiro pol√≠tico, at√© agora, n√£o garantiriam tanta estabilidade √† candidatura do senador Pedro Taques. O PSB ter√° Luciane Bezerra, Antero de Barros e o prefeito Mauro Mendes como prov√°veis aliados de Taques, o que representa muito pouco em termos de solidez nas alian√ßas.
- O redesenho do mapa político estadual ainda não passa de rabiscos.


Saia do Arm√°rio/J√°
A Associa√ß√£o GLBT (Gays, L√©sbicas, Bissexuais e Transg√™neros) Viva A Vida, realizou na noite de quinta-feira (19), no audit√≥rio da CEFAPRO, um coquetel para apresentar a sociedade o projeto da 2¬ļ edi√ß√£o da Parada da Diversidade. O evento previsto para o dia 14 de novembro, deste ano, tem como tema: "Revele suas cores, juntos somos muitos". Isso acontece l√° em C√°ceres e s√£o os preparativos para a concentra√ß√£o, que ser√° na Pra√ßa Jos√© de Anchieta, na Avenida Sete de Setembro, em frente a PM, a partir das 16 horas. A programa√ß√£o prev√™ que a parada vai percorrer toda a parte central da cidade, com t√©rmino no cais da Pra√ßa Bar√£o do Rio Branco, no centro velho da cidade.
- Se ligue nessa parada e inscreva-se, o pessoal de lá tem telefone para contato. Dê adeus ao seu armário.

 

Olhando Diretamente
A not√≠cia est√° no site "Olhar Direto" e diz: "Em clara rota de colis√£o com a Executiva Nacional do PDT, o senador mato-grossense Pedro Taques (PDT) exp√īs as v√≠sceras do relacionamento nada convencional do Instituto Mundial de Desenvolvimento e Cidadania (IMDC) com o Minist√©rio do Trabalho e Emprego, h√° quase 10 anos comandado por indicados da legenda brizolista. "Eu como senador da Rep√ļblica n√£o posso compactuar com ningu√©m que cometa crimes ou esteja sendo investigado. O PDT n√£o comete crimes. S√£o as pessoas que s√£o investigadas. E eu n√£o tenho compromisso com equ√≠voco de ningu√©m", afirmou Taques.".
- O Ministério do Trabalho é da cota do PDT e o ex-ministro Lupi já esteve por lá, de desagradável lembrança. O senador Taques é do tipo que não come boia amanhecida e nem pão dormido.


Fora de combate
Informa√ß√Ķes contidas no site "Olhar Direto" apontam que "Os dois criminosos mortos estavam com identidades falsas em nome Ant√īnio de Oliveira, 47 anos, e C√°ssio Almeida de Souza, 28 anos. A Pol√≠cia Civil confirmou que Ant√īnio de Oliveira √© na verdade Ant√īnio Moura, conhecido por "Nego V√©i", l√≠der de quadrilha de roubos a bancos que atuou nos estados do Par√°, Maranh√£o, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, tamb√©m considerado um dos criadores da modalidade "Novo Canga√ßo", que come√ßou na d√©cada de 90, no Nordeste brasileiro".
- Consta que todo o grupo estaria cercado e se não se entregar, pode ir se encontrar com "Nego Véi", no paraíso.


No Facebook
A p√°gina de relacionamento social (Facebook) est√° se transformando num ambiente aonde algumas pessoas escolheram para extravasar as suas frustra√ß√Ķes pol√≠ticas e pessoais, e partem para o ataque pessoal, sem nenhum respeito. No Face, √© s√≥ gente boa e um lugar onde parece que todos os anjos celestiais escolheram para encontro. Ali parece ser o ponto de encontro de pessoas perfeitas e postagens que mais parecem um biombo, a ocultar os reais interesses de umas e outras. E sou isso, eu sou aquilo... "eu sou homem" e h√° homem sendo tratado como mulher, independente da sua orienta√ß√£o sexual. √Č o ambiente onde surgem os comentaristas pol√≠ticos e suas absurdas teses, cheias de evasivas.
- A perfeição e os perfeccionistas se encontram ali... é como um cardume das carnívoras piranhas, prontas a atacar, até mesmo um pano vermelho.


De Olho no TCE-MT
Qualquer pessoa pode acessar o site do TCE-MT e ver e ouvir o Detalhe do Processo n¬į 117790/2012, julgado em 03/9/2013 pela 2¬™ C√Ęmara. Acesse atrav√©s do Google e pe√ßa conex√£o ao TCE-MT e depois v√° em Pauta de Julgamento. E depois dizem que n√≥s aqui √© que vemos coisas demais. Que cada um tire a sua pr√≥pria conclus√£o, analise os fatos e guarde para si.
- O quadro é extremamente grave e complexo.

 

Est√° no Midia News
"A Opera√ß√£o Miqu√©ias, deflagrada pela PF nesta quinta-feira (18) em 9 estados e no Distrito Federal contra lavagem de dinheiro e m√° gest√£o de recursos de entidades previdenci√°rias p√ļblicas, cumpre 27 mandados de pris√£o (5 preventivas e 22 tempor√°rias) e 75 mandados de busca e apreens√£o. A a√ß√£o apreendeu um iate avaliado em US$ 2,6 milh√Ķes e 15 carros de luxo (entre eles, uma Ferrari) em Bras√≠lia. A PF confirmou que, entre os presos, est√£o quatro policiais civis do DF, sendo dois delegados e dois agentes". O nome dado a Opera√ß√£o da PF √© interessante, segundo nos revela a salva√ß√£o da nossa lavoura, o rapid√≠ssimo Wikip√©dia: "O Profeta Miqu√©ias denunciava os governantes, chefes e ricos das cidades de Jerusal√©m e Samaria. Estes estavam roubando o povo atrav√©s da l√≠ngua enganosa, com armadilhas, exigiam presentes e subornos. Miqu√©ias tamb√©m denunciou a cobi√ßa, os ganhos imorais, a maldade planejada, a balan√ßa desonesta e o crime organizado. O conte√ļdo deste livro apesar de ter quase 2700 anos √© bem atual".
- Caso existisse nos dias de hoje, Miquéias seriam um cara de poucos amigos e denominado petulantemente de X-9.

 

Miquéias
"O grupo aliciava prefeitos e funcion√°rios p√ļblicos para investirem dinheiro de regimes pr√≥prios de Previd√™ncia Social em fundos de pouca rentabilidade. Em troca, os agentes p√ļblicos recebiam um percentual do investimento. A investiga√ß√£o teve in√≠cio h√° um ano e meio para apurar lavagem de dinheiro por meio da utiliza√ß√£o de contas banc√°rias de empresas de fachada ou fantasmas, abertas em nome de laranjas ou testas-de-ferro, de forma a ocultar os verdadeiros respons√°veis". R$ 300 milh√Ķes foram "lavados" nas contas dessas empresas. As investiga√ß√Ķes apontam que as irregularidades aconteceram nos regimes previdenci√°rios ligados a 15 prefeituras". Isso est√° no Midia News.
- Tem gente boa envolvida nisso.

 

 

Entrevista/Censura
O vereador Acendino Mendes (PSD) teria concedido entrevista a uma emissora de rádio rural, ontem (19/09), e mais tarde teria recebido ameaça de cassação de mandato. Realmente, em Nobres parece que tem gente que recebeu o poder supremo e tudo pode em nome deste poder, apenas conferido pelo voto popular. Inimaginável um quadro dessa semelhança, onde tenta impor-se ditadura e censura a um parlamentar por uma mera entrevista em rádio acerca de um tema que anda na boca do povo.
- Foi quem o censurador? O assunto é o mesmo do texto abaixo.


Sem Essa
Vereadores (nem todos) abriram o bico em relação a postagens na rede social (Facebook) em que aparecem comparados a super-heróis. Solicitaram tratamento respeitoso e parece que tiveram a solicitação acatada embora um polêmico empresário tentasse provocar nova polêmica em relação às postagens na tarde de 17 de setembro em curso. O vereador Flávio Rondon se mostrou disposto a ajudar no que for preciso para acabar com as polêmicas em torno desse tipo de brincadeira e ao mesmo tempo quer ajudar a mudar a imagem do Parlamento perante a comunidade.
- √Č de se acreditar que os reclames foram ouvidos.


R√°dio/TV
Em mat√©ria postada no site Agitos Nobres, vemos a reclama√ß√£o do diretor da TV Cidade, acerca de den√ļncia contra o canal dom√©stico, apresentada pela emissora de r√°dio local, a R√°dio Nobres FM, segundo c√≥pia de documento exibido no site. O que preocuparia em rela√ß√£o ao canal televisivo, a concorr√™ncia ou a legalidade do sistema de som e imagem? Em Nobres, toda not√≠cia tem que ser pautada pelo elogio, do contr√°rio, este ou aquele pode n√£o gostar. Fala-se muito em isen√ß√£o e imparcialidade por aqui e acol√°, mas √© s√≥ enquanto outros interesses n√£o entrem em jogo; o pol√≠tico e o financeiro, por exemplo.
- Restando 27 de 36 meses, já temos candidaturas colocadas por aí.

 

Nosso Leitor
A velha guarda da Cidade Verde, Terra de Dom Aquino Correa, acaba de perder uma personalidade ilustre e um dos mais entusiastas e batalhadores pelo bairro Ara√©s, o prof.¬į Edson de Souza Miranda, ocorrido no dia 16 de setembro. O acad√™mico foi um dos idealizadores e professor-criador do curso de Ci√™ncias Econ√īmicas, al√©m de fundador do Projeto "Uniselva", matriz embrion√°ria da UFMT. Ele foi sepultado no Cemit√©rio da Piedade, no Centro de Cuiab√°, logo ali pr√≥ximo do bairro pelo qual tanto lutou - o bairro Ara√©s. E n√≥s perdemos um leitor desta coluna e do nosso site.
- Uma perda irreparável para o velho Araés que já perdeu a ilustríssima prof.ª Adélia Sá.

Sucesso Total
10 entre 10 clientes da Nobres Turismo tem demonstrado satisfação com a prestação de serviços dessa empresa. A direção da empresa, de sua parte, tem conquistado o seu espaço com discrição e seriedade, razão porque muitos têm recomendado o nome da empresa. E nós ainda nem conhecemos tanto assim a diretora da empresa, mas temos ouvido tais relatos por aí. O pessoal da TV Cidade tem demonstrado bastante sintonia com a empresária e a empresa tem ofertado brindes à programação da emissora, mas o sucesso vem da simplicidade da empresária, segundo alguns dos seus clientes.
- Pronto, fiz o jabá, mas tem gente que não vai gostar. Balança aí, rapaziada!

Sal√°rio em Atraso
Os mais c√©ticos dizem que o inferno √© aqui mesmo (na terra) e que aqui se faz aqui se paga. Ser√° mesmo? Quem diria, o ex-prefeito de Nobres, m√©dico Jos√© Carlos da Silva, ostentando faixa e participando de manifesta√ß√£o por sal√°rio em dia, ali, na vizinha Ros√°rio Oeste. Em Nobres, como prefeito do munic√≠pio, deixou os servidores p√ļblicos municipais "sentados √† beira do cais... a ver navios", com sal√°rios atrasados e sem cr√©dito na pra√ßa.
- Pr√° ver como s√£o as voltas que o mundo d√°..., segundo foto estampada num site de Ros√°rio.


Sal√°rio em Atraso II
Na campanha pol√≠tica de 2.008, o hit do candidato Z√© do 11, era: "Quero meu sal√°rio em dia, quero garantia... bote o 11 a√≠, Nobres e eu, um caso de amor...". √Č mesmo? E veio a reelei√ß√£o, em 2012, de tamanha ressaca nas urnas e o fim do sal√°rio em dia e tome press√£o para que os servidores fossem nos "com√≠cios", denominados de reuni√Ķes. Hoje, o ex-prefeito empunha cartaz e pede que seja pago o seu e o sal√°rio de outros em dia. No fauno lunar, esse seria o movimento de rota√ß√£o...
- ...o que denominamos de: as voltas que o mundo d√°.


Poluição Degradação I
Uma equipe do Rotary Club deu início, na manhã de ontem (15/09), a mais uma operação de limpeza do rio e ao menos duas toneladas de dejetos foi retirada do rio e das suas margens do trecho entre a Filinto Muller e a Ponte do Xaxim. Nesse trajeto, abaixo da ponte que liga o centro ao bairro Serragem, uma manilha leva cloaca para dentro do rio Nobres e essa situação deve ser verificada e dali retirar material para análise sobre o que está sendo jogado dentro do rio.
- Há quem tome banho de cédulas, mas tomar banho de merda, dizem que nunca foi um bom negócio.


Poluição/Degradação II
O privilégio de ter um rio passando pelo centro da cidade está perdendo para o descaso e o desinteresse de muitas pessoas que atiram lixo, sacolas contendo dejetos às margens dos rios. O rio Nobres está sendo assoreado, ano após ano, e ainda jogam para dentro do seu leito, pneus velhos, calotas e até o quadro de uma moto, com placa e tudo foi encontrado no leito do rio, logo abaixo da ponte que vai do centro à Rua Francisco Nobre, no bairro Jardim Glória.
- Infelizmente, a ação do nefasta do ser humano contra o rio é algo incompreensível, ainda.


Poluição/Degradação III
Outra situação grave foi verificada à margem direita do rio Nobres, do outro lado da ponte, logo após a agência do BB, onde as mudas plantadas pelos rotarianos e voluntários foi cortada com facão. Certamente que alguém acredita que seja dono das margens do rio ou coisa semelhante, tanto que cortou as árvores em fase de crescimento. Outros se desfazem de restos de construção à margem da rua e o rio mais parece uma loja de departamentos, aonde se encontra fogão, sofá, pneus, motos, carcaças de aparelhos de tevê, calcinha (com pintas de leopardo) e, pasmem, até um pênis de borracha já foi encontrado às margens do rio.
- Na ausência de um original... vai o emborrachado. Realmente, o rio Nobres está falindo pela ação do ser humano.


Poluição/Degradação IV
Apesar das duas toneladas ou mais de dejetos retirados do rio e das suas margens, o pessoal do Rotary Club e equipe de voluntários dizem que não vão desistir. Novas mudas deverão ser plantadas e, quem sabe, a chuva traga vida para aquelas que foram plantadas e ainda não sucumbiram ao corte do facão. A cidade de Nobres ainda guarda aspectos de vila e tem sido comum ver criação de galinhas em plena área central, quando não se cria porcos. Emporcalhar o rio parece ser hábito comum a muitas pessoas. Isso, porque a água é parte essencial em nosso corpo e dela dependemos para quase tudo.
- A isso se dá o nome de suicídio ou haraquiri.

 

Soltando a Voz
O prefeito Gilmar, de Nobres, surpreendeu-se com a visita de uma grande comitiva de tropeiros em seu gabinete, neste dia 11 de setembro, pela manh√£. Liderados pelo presidente da ACATRA, Jos√© Domingos, os amantes das cavalgadas foram levar apoio e solidariedade ao prefeito Gilmar em seu gabinete, onde rolou de tudo, desde o caf√© da manh√£ refor√ßado, √† moda do mimoseano, com toque do berrante e cantoria. A ex-vereadora Paula soltou a voz junto com os tropeiros, interpretando uma das mais belas p√°ginas musicais da verdadeira m√ļsica sertaneja, o cl√°ssico "Saudades de Minha Terra". E foi assim: "Pra minha m√£ezinha j√° telegrafei; E j√° me cansei de tanto sofrer; Nesta madrugada estarei de partida; Pra terra querida que me viu nascer...".
- Emocionante essa visita, tanto quanto a pa√ßoca de pil√£o e o ch√° de capim cidreira. Coisas de quem viaja em comitiva. Paula e Tot√≥ Margarina, com Ad√£o √ćndio e grande coral.


Face Nervoso
O líder da já famosa equipe de "produção" da TV Cidade, Ivan Makoto, disse que vai abrir o jogo sobre um sujeito que dormiu titular e acordou com a própria rejeição ao seu lado, o atrapalhando ou tirando-lhe o sono. Traçou planos, desenhou perfis e conversou com futuros aliados, mas tudo não passou de um esboço, e foi ver, não estava na lista do Felipão. Bem, o que não é comigo... é contra mim, e desde então, vem malhando a ferro frio. Makoto evitou detalhar quem seria o personagem.
- Aquele que desdenha... quer comprar.


Fim da Linha
Domingo, dia 08 de setembro, durante a abertura de mais uma vers√£o da Copa Rural, no campo do Renat√£o, na Vila Roda d'√Āgua, o prof.¬į Edson Bakairi anunciou que aquela seria a sua √ļltima copa. Vai abandonar a promissora (?) carreira de meio campo do futebol, o que significa uma perda, a menos de um ano para o in√≠cio da Copa do Mundo de 2.014. De tanto "apanhar" do craque...
- ...a bola agradece esse fim de carreira precoce.


Tá n(o)a Mídia
"O juiz federal Julier Sebasti√£o Silva visitou a Assembleia Legislativa, na manh√£ desta quarta-feira (11), para "estreitar rela√ß√Ķes" com o Poder. Inicialmente, o magistrado foi ao gabinete do primeiro-secret√°rio da Casa, Mauro Savi (PR), e, depois, seguiu para o gabinete de Jos√© Riva (PSD), onde encontrou o vice-governador Chico Daltro (PSD). Os tr√™s permaneceram na sala por uma hora e meia." Esse foi o par√°grafo de abertura de mat√©ria postada no site M√≠dia News e promete esquentar o cen√°rio pol√≠tico nos pr√≥ximos meses. O magistrado seria uma esp√©cie de ant√≠doto contra o ex-Procurador da Rep√ļblica, Pedro Taques.
- Realmente, os lances vindouros serão mesmo dos melhores enxadristas políticos. O deputado Riva tem estado para a política assim como a Fênix para a mitologia... ao tirar Sebastião Julier da cartola, pode ressurgir das cinzas.


Riva/Julier
Com a "descoberta" de um antídoto anti-Taques, Riva pode revolver montanha para articular o fortalecimento de um nome capaz de superar o senador pedetista e ao mesmo tempo estabelecer um cenário para buscar atirar o polêmico Antero de Barros para as profundezas do abismo político que está aí, nesse buraco negro criado pelo Parlamento municipal de Cuiabá. O "baixinho" não é fraco em articulação, mas tem contra si na atualidade, além dos desgastes de anos no poder, um adversário com boas aulas tiradas das cartilhas de Maquiavel. Ninguém menos que Anterinho.
- Realmente, a eleição ao governo do estado, ano que vem, promete... comitês, maldades e lances de puro mimetismo no "habitat" das cobras da política.


Linguajar Cuiabano
O povo que acompanha o julgamento da galera do Mensalão, anda a par de uma nova linguagem, incomum para os leigos em Direito; o tal de "embargo de infringência". Segundo a mídia que cobre o STF: "Para Fux, um segundo julgamento dos réus não teria serventia e resultaria na extensão do processo. "Um dos seus efeitos deletérios ao Judiciário é o descrédito gerado por delongas [nos processos]", disse. "O Brasil padece de uma moléstia gravíssima que é a prodigalidade recursal." Bem tchique, esse palavreado. Mas, para vovó, isso não passaria daquilo que ela costumava dizer: "Ocê é bem digoreste pra passá melado no beiço dos outros, né?!".
- Cadeia é pra pobre. No Brasil, de tanta mala sem alça que temos, ainda trazem para esconder no Brasil, terroristas, ladrão de trem pagador e senador procurado na Bolívia. Cesare Batisti é o cara por aqui.

Last Updated ( Saturday, 26 October 2013 12:20 )

 

Trincheira XXXIV

Jogo Aberto
A C√Ęmara dos Deputados aprovou na noite de ter√ßa-feira (03/09), por unanimidade, a Proposta de Emenda √† Constitui√ß√£o (PEC) 349, que acaba com o voto secreto no Poder Legislativo. Com um qu√≥rum de 453 parlamentares em plen√°rio, a PEC































































































































Last Updated ( Wednesday, 04 September 2013 14:03 )

Trincheira XXXIII

Rede Social
Na p√°gina pessoal assinada na rede social, um dono de sal√£o de beleza em Nobres classificou as autoridades pol√≠ticas e administrativas locais de "palha√ßos", por conta da carreata na cidade para mostrar as ambul√Ęncias. A postagem encon


































































































































Last Updated ( Saturday, 20 July 2013 15:30 )

Trincheira XXXII

Futsal GG
Tem rolado umas partidas de futsal, nas quintas e s√°bados no Gin√°sio "Josefa Fialho" que soam como um desafio √†s leis da f√≠sica, pelo deslocamento desses corpos no espa√ßo como numa boa aula de F√≠sica sobre avi√Ķes, pousos a aterrissage





































































































































































Last Updated ( Sunday, 09 June 2013 13:49 )

Trincheira XXX

Contra Vereadores
Dono de uma agência de turismo, um empresário descaracterizou o papel do vereador no Facebook, em sua página de relacionamento pessoal ao lembrar que discursos bonitos e decorados sobre turismo não refletiriam a realidade e que "

























































































































































































































Last Updated ( Tuesday, 19 March 2013 15:52 )

Page 5 of 11

Trincheira LV

Palpite A√≠? Acusado de vender senten√ßa, o juiz de MT, Evandro St√°bile, al√©m da tornozeleira eletr√īnica, est√° proibido de frequentar qualquer ZBM, boteco ou arriscar jogar uma caixeta, pif-paf ou truco. Nem arriscar fazer uma fezinha no Le√£o ele est√° podendo, dar palpites para o milhar, menos

Economia ou oportunismo?

Apesar do clima de desconfiança que ronda o interesse dos políticos pela PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que trata da prorrogação do mandato de prefeito e vereadores até o ano de 2.022, há uma forte de tendência de que o objetivo possa ser alcançado. A proposta, de autoria do deput
Banner
Banner
Banner
Banner