You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

19/07/2018
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Editorial

Editorial

Puxando a fila

Se fosse comparado a um lan√ßamento musical, a Secretaria Social da atual administra√ß√£o de Nobres seria o carro chefe, em outras palavras, seria a m√ļsica mais solicitada dentre todas das faixas existentes. √Č poss√≠vel assinalar que a A√ß√£o Social √© hoje o retrato melhorado do governo e em imagem de um poss√≠vel raio X deste governo, apareceria como a parte de um todo sem fraturas e ainda inc√≥lume √†s cr√≠ticas. E por que se daria esse fen√īmeno, de fazer parte de um corpo e ainda n√£o ser contaminado pelas cr√≠ticas? H√° raz√Ķes que a pr√≥pria raz√£o desconhece, mas que pode ser visualizada a partir de uma esp√©cie de gest√£o embora compartilhada se nos parece com caracter√≠sticas de indireta e com mais robustez diante de todo o contexto administrativo.
Se isso ainda n√£o explica, √© preciso dizer que a carruagem segue o seu trajeto embora todos tenham partido de um mesmo ponto, aqui denominado pelo dia 02 de janeiro de 2.009, e movida por uma din√Ęmica de a√ß√£o um pouco mais efetiva, seq√ľenciada e com a marcha engatada de modo evolutivo, a Secretaria de A√ß√£o Social funciona como uma esp√©cie de mecanismo de repara√ß√£o de defeitos do resto da estrutura de governo que anda sujeita a chuvas e trovoadas. Se mesmo assim ainda n√£o se tornou ininteleg√≠vel a id√©ia comparativa, vale esclarecer que apenas uma secretaria tem puxado a m√°quina do governo que s√≥ n√£o descarrilou porque a popula√ß√£o de Nobres n√£o parece disposta ao embate.
Os coment√°rios feitos aqui nesta coluna, de uma ou outra forma buscam ajudar a administra√ß√£o do prefeito Jos√© Carlos da Silva a encontrar um rumo. Uma prova evidente disso est√° na informa√ß√£o dura, por√©m, calcada na realidade, de que aqueles que assessoram o prefeito ou pelo menos tentam isso, n√£o podem permitir a sua exposi√ß√£o solit√°ria em pra√ßa p√ļblica para ser contestado. Secret√°rios precisam (e ganham para isso) acompanhar o prefeito e serem solid√°rios com o governo nas boas e nas m√°s horas. E olha que n√£o v√£o faltar m√°s horas daqui at√© 31 de dezembro de 2.012.

N√£o raras vezes, temos assistido o reconhecimento p√ļblico da parte de alguns vereadores ao fazerem elogios a gest√£o da secret√°ria Eva Valdin√©ia Pereira e ela (a titular da pasta) n√£o abre m√£o de dividir a boa conceitua√ß√£o com toda a sua equipe de trabalho. H√° uma m√°quina e ela, assim como a pr√≥pria terra em que vivemos, necessita estar em constante movimento e para que todo o conjunto dessa m√°quina entre em funcionamento √© necess√°rio acionar mecanismo de igni√ß√£o, de marcha evolutiva e por fim, que siga um rumo pr√©-determinado.

A atual administra√ß√£o, de um modo geral, salvo a exce√ß√£o descrita, parece caminhar em c√≠rculo, dando guinadas de 360 graus, ou seja, parte de um ponto e volta ao mesmo. Na linguagem um pouco mais popular, est√° empacado feito a mula do carroceiro, com as suas "bardas' ou mania, como queiram. Mas, tudo leva a crer que o prefeito j√° esteja acordando e tomando a decis√£o de chamar os seus assessores mais diretos para a responsabilidade, convocando-os para estarem junto com ele... na sa√ļde, na doen√ßa, nas ruas esburacas e diante da execra√ß√£o em pra√ßa p√ļblica. Menos mal, afinal, a vida governista nem sempre √© feita de pajelan√ßas.

√Č p√ļblica, √© not√≥ria e os perscrutadores acreditam que a administra√ß√£o do prefeito Jos√© Carlos da Silva n√£o vai ter muito tempo para continuar se esgueirando atr√°s desse melhor retrato que tem sido a A√ß√£o Social. Algu√©m h√° de descobrir (e tomara que seja a tempo) que mesmo as cortinas de fuma√ßa mais espessas, elas se dissipam. E os nossos cavaleiros da t√°vola (seja redonda, quadrada ou oval) precisam ver que as brumas da inefic√°cia em nossa Avalon podem estar com os dias contados.

A inten√ß√£o, vale a pena deixar claro, n√£o √© a de constranger, mas √© preciso mexer com os brios de um governo que est√° na boca do povo e sob os olhares atentos de toda a popula√ß√£o e ningu√©m deseja o descarrilamento dos demais vag√Ķes.

Sendo assim...

 

Aquiles e seu calcanhar

O prefeito José Carlos da Silva, de todos os defeitos que possa ter, uma virtude pode ser contabilizada nele quando a análise estiver ligada ao sistema político e administrativo e é o seu respeito aos vereadores e ao Parlamento. Dr. José Carlos

Emendas e d√ļvidas

O cuiabano tem a mania de dizer: "quem bej√ī bej√ī, quem num bej√ī num beja mais". √Č coisa de final de festa, tal e qual as emendas parlamentares que s√£o endere√ßadas aos munic√≠pios, estas que s√≥ acontecem de quatro em quatro anos, justamente qua

Sem no√ß√£o de dist√Ęncia

Mirar a prefeitura e atingir o objetivo de se tornar prefeito de Nobres, essa tarefa se assemelha √†s letras do tema musical evang√©lico interpretado pela cantora Jamilli: "Conquistando o Imposs√≠vel". √Č um pr√™mio a vit√≥ria, pelo menos at√© antes

Senso e contra-senso

E l√° se foram 13 meses de gest√£o administrativa e todos os descontos que s√£o dados a um gestor inexperiente no tema administra√ß√£o p√ļblica. O prefeito Jos√© Carlos da Silva (PP) queira ele ou n√£o, dever√° acelerar no processo de execu√ß√£o de u







Page 26 of 27

TRINCHEIRA LIV

Troca de Farpas Todos estavam no mesmo barco para destronar Silval Barbosa (MDB), agora, todos se voltaram contra Pedro Taques e a união histórica entre PMDB e PFL volta a acontecer só que, com a maquiagem da mudança de nome embora os ocupantes das naus sejam os mesmos. A política mato-grossense

Raz√£o desconsiderada

O impasse gerado entre a categoria dos profissionais da Educa√ß√£o e o Executivo municipal est√° longe de terminar em Nobres. Nenhum dos dois lados cede e o prazo para que os alunos voltem a estudar est√° sendo esticado. As negocia√ß√Ķes est√£o emperradas e a crise entre educa√ß√£o e governo permane
Banner
Banner
Banner
Banner