You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

30/10/2020
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Política Internacional

Internacional

Executivo entra pela terceira suplementação de verba em menos de 5 meses do ano

Executivo entra pela terceira suplementa√ß√£o de verba em menos de 5 meses do anoTramita pela Casa Legislativa um novo pedido de suplementa√ß√£o de verba, no valor de 30% do or√ßamento, sob a alega√ß√£o de que ser√° para atender despesas com a manuten√ß√£o e projetos de secretarias. Ser√£o R$ 8.764.530,00 em cr√©dito adicional que est√° sob an√°lise do colegiado de vereadores, com chances de aprova√ß√£o, ainda que muitos reclamem e outros demonstrem complac√™ncia com as a√ß√Ķes do governo. O projeto de lei n¬ļ 013/2010 tem chances de ser aprovado e tudo vai depender do estado de humor dos vereadores ou da vontade e entendimento de cada parlamentar no que se refere a ser √ļtil ou n√£o aos interesses do Executivo a an√°lise da mat√©ria em segundo turno, como √© de praxe, sem retoques.  

O presidente do Legislativo, vereador Beto Valandro (PSDB), tem sido acionado para assumir posicionamento mais efetivo em favor de um processo, não de enfrentamento com o governo, de mais rigor com as matérias que chegam para análise da Casa. A relação entre Legislativo e Executivo tem que ser harmoniosa e ao mesmo tempo respeitosa, de modo que um não interfira na ação do outro, e não é isso que se tem visto diante da pressa com que o Executivo tem para que as matérias sejam aprovadas, por vezes, a toque de caixa.

Hoje, o munic√≠pio de Nobres tem duas constitui√ß√Ķes e muita gente n√£o sabe qual delas tem maior poder ou validade. O Executivo tem se baseado na nova Constitui√ß√£o e o tiro tem sa√≠do pela culatra porque o valor real, seguro e correto √© atribu√≠do a uma √ļnica Carta Magna, a que foi editada em 1.990. N√£o por acaso, um grupo de vereadores pleiteou "derrubar" o atual presidente com base em legisla√ß√£o tida como sem valor jur√≠dico por instru√ß√£o de secret√°rios do governo e ex-vereadores de um per√≠odo de muita criatividade e pouca efetividade.

O vereador Manoel Fermino Pinho (DEM) tem sido um ferrenho combatente do governo quando o assunto √© or√ßamento p√ļblico e j√° acendeu a luz vermelha em mais um pedido de suplementa√ß√£o de verba, acima dos 8 milh√Ķes de reais. Os pedidos de suplementa√ß√£o de verba acabam por tornar o papel do vereador um tanto quanto ocioso. A C√Ęmara de Vereadores anda desacreditada por suposta complac√™ncia com o governo e pela falta de investiga√ß√£o dos atos p√ļblicos, e ao dar aval para que o Executivo n√£o precise da pr√≥pria Casa de Leis, a√≠ sim, que o descr√©dito s√≥ vai aumentar.

Amigos e partidários do presidente Beto Valandro tem passado a impressão de que é hora de apertar o cinto e evitar que o Poder Legislativo continue a ser mais desacreditado ainda, sob o manto da vontade de ajudar, a realidade acaba sendo outra, a da complacência em momento inoportuno. Aliás, para a complacência não deveria haver brecha, até porque, essa relação não é de pai para filho ou vice versa.

Last Updated ( Wednesday, 05 May 2010 19:48 )

 

A campanha já começou em Nobres com novas promessas

Bairro falta água, faltam ruas e infra-estrutura, falta iluminação, faltam sanitários em muitas casas e, acima de tudo, falta dignidade no trato com as pessoas que moram ali, há anos.
Só promessas e promessas

Last Updated ( Saturday, 28 November 2009 02:32 )

Read more...
Page 2 of 2

TRINCHEIRA LVIII

‚Äú Guerra Particular‚ÄĚ No grupo de whatsapp, denominado de democr√°tico, uma √ļnica pessoa trava uma batalha bem pessoal e relativamente contra a imagem do empres√°rio Leocir Hanel, buscando desqualificar a pessoa do candidato. H√° mais de 30 anos em Nobres, como pode algu√©m com pouco tempo no muni

Opostos em desencontro

Se algu√©m se propuser a analisar o momento pol√≠tico em Nobres, pode n√£o encontrar par√Ęmetro para o que se v√™ e est√° colocado ao eleitorado e a toda comunidade municipal, sem distin√ß√£o, neste ano de 2.020. Em um munic√≠pio de grandes contendas pol√≠ticas, com at√© quatro nomes na disputa, nest