You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

28/05/2020
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Colunas

Colunas

Sucess√£o de erros...

Em 1.992, quando os municípios se encontravam em plena euforia da sucessão municipal, em Nobres não era diferente, onde os grupos políticos se mobilizavam nos bastidores para a eleição de um novo prefeito.

Nos bastidores pol√≠ticos o MDB era o partido que dava as cartas e jogava de m√£o, capitaneado pelo deputado estadual Joemil Ara√ļjo e os l√≠deres locais, cuja proposta era fazer o sucessor do ent√£o prefeito Am√©lio Dalmolin.

Como lideran√ßa regional, o deputado Joemil teria tra√ßado um alinhamento que permitiu a demiss√£o do ent√£o secret√°rio municipal de Sa√ļde, Andr√© Avelino Bezerra, fazendo trazer para a cidade de Nobres o presidente da C√Ęmara Municipal de Ros√°rio Oeste, Manoel Loureiro Neto, que largou tudo e veio de mala e cuia para Nobres.

As ‚Äėmexidas‚Äô no cen√°rio dom√©stico parece que soaram estranhas aos pol√≠ticos locais e havia sinais de que aquela balada n√£o seria a que todos gostariam de ouvir. Mas o plano seguia em curso e Manoel Loureiro inaugurou o Hospital Laura de Vicu√Īa, justamente em outubro de 1992, para garantir uma pompa aos seus planos pol√≠ticos, engendrados pelo PMDB.

Tudo caminhava dentro do pragmatismo dos velhos caciques daquela √©poca e Manoel Loureiro andava as portas do poder em Nobres, estendendo a for√ßa pol√≠tica de Joemil Ara√ļjo sobre o munic√≠pio que foi ‚Äėfilho‚Äô de Ros√°rio Oeste e j√° caminhava com as pr√≥prias pernas.

Havia uma perfei√ß√£o naquele planejamento, tido como infal√≠vel, colocando-se a imagem da nova casa de sa√ļde como uma fonte de inspira√ß√£o para que o munic√≠pio de Nobres fosse o novo pante√£o dos peemedebistas.

Mas, nem tudo era perfei√ß√£o e nos bastidores da pol√≠tica havia uma mobiliza√ß√£o em um tempo em que se podia dizer que fosse ‚Äúpor Nobres‚ÄĚ. E o trabalho de formiguinha levou a uma descoberta que arrasaria os quarteir√Ķes da pol√≠tica, conhecida de todos, que foi a descoberta de transfer√™ncias ilegais dos antigos t√≠tulos eleitorais ou c√©dulas, como queiram.

Os planos ru√≠ram e a ‚Äėenxurrada‚Äô de problemas surgiram, assim como a derrota nas urnas, estabelecendo um estigma ao hospital que marcaria para sempre a vida da casa de sa√ļde, que √© privada.

Manoel Loureiro perdeu e o hospital, novo, se viu envolvido numa ‚Äėguerra fria‚Äô com a fam√≠lia Barbosa Nogueira que assumiu o poder a partir de 1993 em Nobres.

E l√° foi o hospital privado para um per√≠odo de pen√ļria, em que pese contar com um quadro de profissionais respeitados e abnegados, a equipe sucumbiu e os problemas avolumaram-se.

O nome de Nobres foi parar no Globo Repórter da TV Globo e a nódoa perdura em relação ao Hospital São Luiz, que pertenceu aos Barbosa e o novo hospital, inaugurado em 1992.

S√≥ ali, naquele curto per√≠odo, seria o suficiente para se fazer uma an√°lise profunda sobre sa√ļde e pol√≠tica, que n√£o se funde e nem se confunde.

Mas n√£o, saiu dali, de alguma forma, guindado ao papel de candidato de um grupo pol√≠tico que buscou reinventar a roda, um nome que mudaria para sempre a configura√ß√£o pol√≠tica e a sa√ļde, numa am√°lgama irrepar√°vel.

O médico prefeito, em que todos apostaram como solução, veio a causar sequelas administrativas e financeiras que ainda hoje necessitam de reparos.

E pensam que se aprendeu com as experi√™ncias mal sucedidas? N√£o! √ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†√ā¬†

Em 2.016, notou-se algumas certas e outras incertas comemora√ß√Ķes festivas internas que denotavam uma nova e ilus√≥ria tentativa de se casar ‚Äúsa√ļde com pol√≠tica partid√°ria‚ÄĚ, mas n√£o foi muito adiante e acabou cambaleante.

E para n√£o deixar pegadas na areia, desvencilhou-se daquele ‚Äėexcesso‚Äô, criado mais uma vez no laborat√≥rio das fantasias pol√≠ticas.

Recentemente, em conversa jogada fora, ouviu-se de um antigo servidor daquela casa de sa√ļde, que um filho dileto dali deixou preju√≠zos (in)calcul√°veis a casa onde praticamente morava.

E uma nova retórica se desenha: pensam que se aprendeu com os erros?

Tocam as trombetas de que daquela casa de sa√ļde pode sair a vice prefeita de um candidato que ainda nem se decidiu pelo que vai fazer.

Será que, internamente, não há quem se atenha ao fato, procurando ver o lado positivo do respeito que se encontrou a partir das parcerias estabelecidas com entidades respeitáveis do município?

N√£o seria o caso de buscar a promo√ß√£o de estudo de avalia√ß√£o, seja atrav√©s de pesquisa ou de consulta p√ļblica sobre a satisfa√ß√£o do p√ļblico com essa fase em que os bons ventos sopram em favor do respeito e do compartilhamento de solu√ß√Ķes para a sa√ļde da popula√ß√£o de Nobres?

Ou que se fa√ßa um exame sofisticado para se chegar √† conclus√£o sobre o DNA da casa de sa√ļde, se cont√©m alguma realidade que defina o perfil desse apego e ao mesmo tempo apelo pol√≠tico que at√© hoje nada de positivo trouxe.

Justamente agora, quando a popula√ß√£o v√™ a casa de sa√ļde com tamanho respeito e o pr√≥prio poder p√ļblico tem feito a sua parte, cumprindo com as contratualiza√ß√Ķes com esmero e sem deixar atrasar.

Por que, a insist√™ncia nessa fus√£o entre sa√ļde privada e pol√≠tica partid√°ria?

N√£o vai acontecer, mas prevenir contra erros do passado j√° ter√° sido importante para que a sa√ļde da popula√ß√£o n√£o tenha uma recidiva negativa, o bastante para desandar o que se apresenta ao menos coerente e equilibrado neste momento.

Antes de tudo o que seja politicamente incorreto ocorra onde muitos que precisam da casa de sa√ļde terminem sem o mel e sem nem a cera, que se reveja sobre os boatos sobre essa pretensa incoer√™ncia... essa sucess√£o de erros.

 

Máquina de fritura, de ingerências e de insegurança política

O baiano de Salvador, nascido em 05 de novembro de 1849 e falecido em Petr√≥polis (RJ) no dia 1.¬ļ de mar√ßo de 1923, aos 74 anos, incompletos, Ruy Barbosa, teve importante participa√ß√£o na vida p√ļblica brasileira, tendo sido um dos intelectuais ma
























Last Updated ( Saturday, 25 April 2020 13:49 )

Protagonismo democr√°tico

A construção de uma quantidade está longe de representar qualidade, mas é possível estabelecer uma amálgama entre esses dois elementos? Quando o cenário é político, a fusão de quantidade e qualidade talvez ocorra, mas só será possível me

Last Updated ( Saturday, 18 April 2020 14:39 )

TRINCHEIRA LVII

Fatos Novos

Tem gente se roendo para saber como anda os bastidores da pol√≠tica em Nobres. Parece que n√£o h√° c√©u de brigadeiro e muita gente anda acreditando em revolu√ß√£o. Ser√° mesmo? Muito boato sendo espalhado e nada de novo, salvo a confirma√



Last Updated ( Tuesday, 26 May 2020 22:07 )

O turismo ‚Äėofendido‚Äô

Quando se busca assentar a atividade turística em bases sólidas, com a sedimentação de uma organização que seja o ponto marcante da implantação do turismo no município de Nobres, acontecimentos nefastos empanam o brilho de um trabalho que le

Last Updated ( Monday, 24 February 2020 12:01 )

Diálogo e coerência

Todos nós conhecemos os relatos sobre as históricas tragédias de guerra, hora, dia e o porquê dos acontecimentos nefastos no mundo. Esses fatos estão associados ao PODER e por ele são bem poucos os que cedem.

Poucos conhecem sobre as guerras que




Last Updated ( Saturday, 25 January 2020 12:13 )

Como ser√° o amanh√£?

A avaliação do atual prefeito de Nobres, Leocir Hanel, é positiva e a cidade vem recebendo infraestrutura viária e paisagística, o funcionalismo municipal está recebendo em dia e está disposto um clima satisfatório para um gestor que vem faze

Trincheira LVI

Correção de Rumo?

O secret√°rio de Governo, Marcos Cheba, de Nobres, estaria re-idealizando (neologismo?) a sua pr√©-candidatura a uma vaga √† C√Ęmara de Vereadores. Bem, isso est√° em an√°lise e a possibilidade embora remota n√£o seria imposs√≠vel




Last Updated ( Tuesday, 17 March 2020 22:06 )

Rumos e Defini√ß√Ķes

A política municipal em Nobres parece que converge para um rumo que difere completamente do sistema político nacional. Longe da crise de confiança estabelecida no cenário nacional a partir da corrupção que ainda é marca nacional e a política

  • «
  •  Start 
  •  Prev 
  •  1 
  •  2 
  •  3 
  •  4 
  •  5 
  •  6 
  •  7 
  •  8 
  •  9 
  •  10 
  •  Next 
  •  End 
  • »
Page 1 of 39

TRINCHEIRA LVII

Fatos Novos Tem gente se roendo para saber como anda os bastidores da política em Nobres. Parece que não há céu de brigadeiro e muita gente anda acreditando em revolução. Será mesmo? Muito boato sendo espalhado e nada de novo, salvo a confirmação daquilo que todos já sabiam, que Esmeraldo f

Protagonismo democr√°tico

A construção de uma quantidade está longe de representar qualidade, mas é possível estabelecer uma amálgama entre esses dois elementos? Quando o cenário é político, a fusão de quantidade e qualidade talvez ocorra, mas só será possível medir esse resultado quando todas as variantes se co