You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

14/11/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Colunas

Colunas

Pragmatismo x Empirismo

O novo caminho velho estabelecido a partir de algumas siglas partid√°rias em Nobres est√° deixando as paredes (cheias de ouvidos) das reuni√Ķes internas e vazando a opini√£o p√ļblica acerca de um puritanismo nunca antes visto na pol√≠tica local.

As anunciadas rejei√ß√Ķes a pessoas e a partidos pol√≠ticos que escapam por entre os dedos ou saem da boca de algumas pessoas, inadvertidamente ou por querer mesmo expressar isso, vem fazendo estabelecer em Nobres um cen√°rio at√© ent√£o desconhecido, de um movimento pol√≠tico revolucion√°rio e praticado s√≥ por imaculados.

Nada contra essa pretens√£o, mas tudo indica que a vida p√ļblica em Nobres se resumir√° ao antes e o depois das elei√ß√Ķes municipais deste ano. Provavelmente, a partir da entrada em cena de alguns pseudopol√≠ticos, alguns dos quais propondo vetos a nomes apresentados, mas sem apresentar, de ‚Äúper si‚ÄĚ, um cacife eleitoral convincente e sem conhecer o que √© ir de casa em casa pedindo voto.

Este que veta aquele, que vetou aqueloutro e que ser√° vetado depois. Este ser√° o ano do ‚Äúveto‚ÄĚ, √© de se acreditar, mas sem todos conhecerem, de fato, como funciona os bastidores da pol√≠tica em Nobres.

A cultura do pragmatismo ainda n√£o chegou √†s camadas sociais mais pobres e mesmo dentre os denominados da classe m√©dia onde, nos anos anteriores, n√£o foi o que se viu e sim a velha tese da pol√≠tica cuiabana, que diz: ‚Äúfarinha pouca, meu pir√£o primeiro‚ÄĚ.

At√© porque, infiltrados entre os pragm√°ticos e puritanos est√£o algumas pessoas de reconhecida rejei√ß√£o, conquistada por pr√°ticas anteriores nada convencionais. Est√£o em meio aos puritanos, alguns nomes que ainda hoje, n√£o se recomendaria as suas beatifica√ß√Ķes.

Tomemos por exemplo o que ocorreu em 2012, quando muitos defenderam a reelei√ß√£o de um candidato que detinha a m√°quina p√ļblica em Nobres. Naquele per√≠odo, o pragmatismo foi deixado de lado e a √ļnica vis√£o que se tinha do governante √© de quanto ele poderia oferecer para conquistar aliados.

Atualmente, por uma ou duas caras novas que estão aí, a política está sendo feita de modo pragmático, mas com gente se auto intitulando como uma espécie de precursor de um novo tempo.

E entre os pragm√°ticos n√£o estariam pessoas interesseiras ou interessadas em algum tipo de vantagem? Como o pragmatismo conviver√° com o tamanho dos convergentes ao novo modelo de fazer pol√≠tica? S√£o tantas as perguntas e a mais importante delas √©: ‚Äútodos os pragm√°ticos pensam no bem de Nobres?‚ÄĚ.

E o pragmatismo inclui uma legi√£o de pretensos candidatos proporcionais que se apresentam pleiteando, a priori, recursos para custeio de campanha? De perto de uma centena de proporcionais, apenas 11 vingar√£o, mas, como conviver com esse ‚Äúbatalh√£o‚ÄĚ a choramingar diuturnamente, querendo dinheiro para a campanha?

A pol√≠tica, infelizmente, ainda √© feita com base emp√≠rica, salvo algumas exce√ß√Ķes cient√≠ficas, trazidas por vendedores de cadernos de opini√Ķes p√ļblicas que satisfa√ßam a gregos e a troianos.

Ent√£o, daqui at√© as elei√ß√Ķes, teremos uma dura batalha sendo travada, entre os pragm√°ticos e precursores de um novo modelo de pol√≠tica, √† base daqueles que t√™m sempre o direito reservado de atirar a primeira; contra os que acreditam que tudo ainda funciona atrav√©s do curandeirismo e de experi√™ncias de outrora. O tempo por testemunho.

Last Updated ( Tuesday, 07 June 2016 18:38 )

 

Mam√£o com a√ß√ļcar?

Afinal, qual seria o posicionamento p√ļblico do PSDB, que iria al√©m das cercanias partid√°rias em rela√ß√£o ao nome que deve apresentar √† sucess√£o municipal aqui em Nobres? Alguns advers√°rios ‚Äúde ningu√©m‚ÄĚ, j√° que n√£o h√° candidatura posta

Os 51 Anos de Nobres

Longe daquele √™xtase e da festan√ßa exagerada de 2012, quando o gestor p√ļblico trouxe para Nobres a renomada dupla mineira Victor e Leo, de n√≠vel nacional, acalentando o sonho da reelei√ß√£o, em 2016, a programa√ß√£o do anivers√°rio √© modesta.

N√£

Last Updated ( Thursday, 12 May 2016 19:13 )

TRINCHEIRA XLVI

Realinhamento
O PMDB, atrav√©s do seu principal interlocutor, o advogado Donizeu Nassarden, n√£o anda muito satisfeito com o que tem visto em termos de condu√ß√£o pol√≠tica e se prop√īs a abrir um canal de negocia√ß√£o com vistas a se aproximar do PSD






Last Updated ( Wednesday, 08 June 2016 18:39 )

Incógnita ou variável?

O ano de 2016 é reconhecidamente um ano político municipal, quando partidos e candidatos se alinham para a disputa eleitoral. No caso específico de Nobres, o cenário político sugere uma incógnita com muitas variáveis, capaz de proporcionar dor


Sobre o muro

Elias Queiroz Carvalho

O muro √© uma constru√ß√£o, comumente usada para separar quintais e estabelecer privacidade. √ā¬†E tamb√©m serve como prote√ß√£o em caso de algum vendaval futuro. Mas tamb√©m pode ser utilizado (politicamente falando) para algu√

Last Updated ( Wednesday, 24 February 2016 19:07 )

TRINCHEIRA XLV

Conjeturas Políticas

O vereador Joel J√ļnior (PSC) acredita que a somat√≥ria de esfor√ßos entre os partidos pol√≠ticos PSDB, PSD, PSC, SD, PR, DEM e PMDB garantiriam uma elei√ß√£o tranquila, principalmente se o PSC estivesse na cabe√ßa de chapa com r





Last Updated ( Friday, 08 April 2016 19:46 )

Velhos clichês em desuso

Os bons exemplos, quando eles ocorrem de cima para baixo, acabam gerando bons frutos, mesmo em situa√ß√Ķes e cen√°rios onde a cultura ainda √© arraigada e com forte apelo √† mesmice. Nos munic√≠pios mato-grossenses e em algumas cidades onde os h√°bit

O papel do Legislativo

Muitos questionam a atividade parlamentar nos munic√≠pios, onde se diz que o ‚Äúvereador n√£o faz nada‚ÄĚ. Certa vez, durante reuni√£o de fundo quintal, um parlamentar estadual, hoje federal, disse que a atividade do parlamentar ‚Äú√© um mal necess√°

Page 7 of 39

Trincheira LVI

Sem Rumo Tem gente dando pulos por conta do mais absoluto repensamento de objetivos. N√£o sabe se vai ou se fica, mas a verdade √© que a Lei Eleitoral mexe com muita coisa na pol√≠tica paroquial e alguns partidos ser√£o meramente figurantes nas pr√≥ximas elei√ß√Ķes municipais. Se n√£o houver uma reav

Rumos e Defini√ß√Ķes

A política municipal em Nobres parece que converge para um rumo que difere completamente do sistema político nacional. Longe da crise de confiança estabelecida no cenário nacional a partir da corrupção que ainda é marca nacional e a política exercida sorrateiramente por antigas cobras de um