You must be live and work in the UK Payday loans Have a history of poor borrowing

Tribuna de Nobres

22/03/2019
Tamanho do texto
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Colunas

Colunas

Como estar√£o nossos rios?

Na Semana do Meio Ambiente, questionar a qualidade da água que corre em nossos rios, apenas dois deles, que passam pela área central da cidade (Serragem e Nobres), é obter como resposta que dois e dois são cinco, mas podem ser quatro, sete ou nove, dependendo da escala em que são colocados quando o assunto é qualidade da água.

Longe dos quintais, os rios se tornaram o melhor lugar para se livrar do inc√īmodo do lixo ou qualquer outro entulho que possa atravancar o quintal. √Č uma forma indireta de suic√≠dio, mas tem sido assim e est√° sendo essa a forma com que se ‚Äúcuida‚ÄĚ do lixo e que se descuida da t√£o necess√°ria √°gua, que falta nas grandes cidades e por aqui temos em abund√Ęncia. √Č verdade, n√£o se sabe at√© quando.

Quem se dispuser a realizar uma pesquisa sobre a qualidade da água a partir da ponte sobre a avenida Moacir Parzianello até a embocadura com o rio Cuiabá, com certeza vai se alarmar com os níveis de coliformes fecais que a água pode apresentar.

Ao não cuidarmos com o devido rigor dos nossos rios, não vai demorar e teremos que encontrar outras alternativas de abastecimento da população, para não se falar no comprometimento da qualidade da água a partir de Rosário Oeste, passando por Acorizal, Distrito da Guia até Cuiabá, a capital das mazelas administrativas e de nenhuma preocupação com o Baixo Pantanal.

Assim como as frases ilustrativas de publica√ß√Ķes esp√≠ritas que assegura que ‚Äúnada dura para sempre‚ÄĚ, as inconsequ√™ncias de hoje com os nossos rios representar√° um alto pre√ßo no futuro. Isso porque n√£o industrializamos nada e consumimos aqui quase tudo o que vem de fora.

Tem sido louvável a atitude dos integrantes do Rotary Club de Nobres, de se preocupar com os rios de nossa cidade. Mas, o que faz a maioria absoluta dos munícipes? Ah! A culpa é dos governos. Qual dos governos? O da Dilma, do Pedro ou do Sebastião?

Se sabemos que um gole de inseticida faz mal, por que ingerirmos esse tipo de veneno? Se temos a certeza que o rio não pode se tornar uma rede de esgoto e que para ali deve ser encaminhada apenas as águas das galerias pluviais, porque insistirmos na falta de consciência e continuar insistindo na interligação de esgoto nas galerias?

Se isso não for verdade ou que não esteja ocorrendo, apenas uma ação minuciosa de pesquisa da amostragem da água é que determinará o nível de contaminação daquilo que habituamos a dizer, mas só dizer e nada fazer: preciso líquido daqui, precioso líquido acolá e blá-blá-blá.

O Dia Mundial do Meio Ambiente √© apenas mais uma data no calend√°rio das nossas caolhas decis√Ķes de n√£o nos importarmos com o que dever√≠amos de fato cuidar. Ent√£o, o dia 05 de junho √© isso, um dia como outro qualquer, afinal, quem vai com muita sede ao pote, bebe √°gua suja.

 

TRINCHEIRA XLII

Leitor Assíduo
Ele, para ficar antenado com Nobres, gosta de ler Trincheira. Dia desses, leu a coluna e se apressou em contar a outra pessoa que esta fora defendida pela coluna. Obrigado pela leitura e pela informação terceirizada. Como se vê, as

































Last Updated ( Friday, 17 July 2015 23:00 )

‚ÄúFiat Lux‚ÄĚ sobre as nossas esperan√ßas

Mais uma vez a cidade de Nobres vive os sobressaltos na conturbada rela√ß√£o entre o setor p√ļblico e o privado na quest√£o da sa√ļde. Essa ‚Äúincompatibilidade de g√™nios‚ÄĚ j√° dura mais de duas d√©cadas e todos os gestores que passaram por Nobres

Tráfego pesado, buracos e críticas

A cidade de Nobres convive h√° anos com um ‚Äújogo de empurra‚ÄĚ intermin√°vel da classe pol√≠tica e os resultados pr√°ticos disso tudo est√£o nas avenidas centrais da cidade, onde os buracos proliferam a cada esta√ß√£o chuvosa e onde est√£o implanta

TRINCHEIRA XLI

Cenário em Transição

A mudan√ßa de partido do governador Pedro Taques, saindo do PDT para o PSDB ou PSB pode provocar mudan√ßas consider√°veis no cen√°rio pol√≠tico mato-grossense e por aqui, por Nobres, caso ele prefira tucanear. Como ser√° que v√

Last Updated ( Wednesday, 08 April 2015 01:10 )

Do lado de c√° do horizonte

A cidade de Nobres ou qualquer outra do interior do Brasil que tenha um gestor que preze pelo voto do eleitor, n√£o vai, jamais, executar obras que n√£o sejam vistosas, fara√īnicas ou estilosa, feito um elefante branco na paisagem de alguma savana, p

No nosso tempo...

No nosso tempo...
Read more...

E no Jardim do √Čden...

Há um certo tempo atrás, em busca de votos dos eleitores de Nobres, um candidato teve a infelicidade de citar uma frase que se tornaria desagradável com o tempo, numa comparação absurda e equivocada entre Bonito, no Mato Grosso do Sul, e Nobres,

Pais salvem seus filhos que a guerra vai começar

Violência nos estádios gera morte. Estamos indignados e contra a violência no futebol, que tem ganhado as ruas na forma de brigas violentas entre torcidas organizadas.

         Membros de torcidas organizadas têm usado a internet para marc

Page 8 of 37

Trincheira LV

Ilusionismo Uma infinidade de virtuais candidatos a vereador tem acreditado que o eleitor de Nobres seja ‚Äúleso das ideias‚ÄĚ e passam a buscar cabelo em ovo para se mostrar preocupado com a cidade. Deve ser mais uma dessas crises de ilusionismo que acomete alguns pretensos candidatos a m√°gico. N√£

Silêncio conveniente

Como o ar por aqui tem em seu contexto químico metade de oxigênio e outra metade de política, parece até estranho, até agora, esse silêncio sobre candidaturas majoritárias. Ninguém fala sobre o assunto sucessão municipal e ao menos um candidato segue a sua rotina, desde o ano de 2017, posici