Relação entre poderes promete ser das melhores

Thursday, 03 January 2013 21:19 administrator
Print
Lideres_polticos_640x247A julgar pelas posturas assumidas até agora, os dois principais líderes políticos no município de Nobres devem manter uma política de boa vizinhança. O prefeito eleito, Gilmarzinho da Ecoplan (foto, a esquerda), ainda em discurso de posse, prenunciou uma relação respeitosa entre os poderes Executivo e Legislativo, independentemente de quem fosse o presidente da Casa, até porque, é dessa forma que tem que caminhar.
Mas, a surpreendente vitória do vereador Rállide Andrade (foto, a direita) à presidência do Parlamento não muda essa visão e surpreendeu mesmo só aos que se mantiveram apreensivos em relação à disputa, no caso, os próprios vereadores contendores. Passado o período de posse e quando a poeira já começa a se assentar, tudo caminha para um pacto em prol de Nobres após esse período administrativo nefasto, encerrado em 31 de dezembro de 2.012, e até hoje não dimensionado.
O presidente do Legislativo municipal, vereador Rállide Andrade, informalmente, tem deixado evidências de que vai priorizar Nobres através do entendimento com o Executivo. Já o prefeito Gilmarzinho da Ecoplan, tem demonstrado, através de sua assessoria, que o diálogo é o mais importante nessa parceria que deve ter lugar em busca dos objetivos que atendam aos interesses da população do seu município, massacrada à exaustão nos últimos meses do ano de 2.012, após a apostasia que tomou conta do governo com o resultado das urnas.
O estabelecimento de um canal estreito de ligação entre os poderes e a harmonia que deve prevalecer, coloca o presidente do Legislativo, Rállide Andrade em evidência, exatamente por buscar o melhor caminho para a atividade parlamentar, com perspectivas de um redimensionamento das ações Legislativas, até a pouco dias atrás, fragilizada pela imperícia do governo que Nobres tinha.
Como tudo começa oficialmente em meados de fevereiro, logo após o Carnaval, é de se acreditar que os flertes que até agora ocorreram, ainda que casuais, pode culminar com um bom relacionamento entre os poderes, onde tudo é novo para os dois nomes mais expressivos na atualidade política municipal.
Bom para Nobres e sua população após enfrentar o domínio de um poder sem direção, tocado a quatro mãos, e de resultados desastrosos, avaliados a partir dos entulhos de autoritarismo implantados em campanha e nos próprios entulhos herdados em forma de lixo, espalhados pelas ruas da cidade e nos bairros.
Mas, se as perspectivas futuras são boas, de outra ponta, o que ainda está sendo catalogado pelo novo governo estará presente na dimensão total do descaso com que a coisa pública foi tratada nos últimos 24 meses.
Daí, um pacto político ser a única alternativa para que Nobres volte ao seu estado de normalidade.